domingo, 31 de maio de 2009

Medeley dançante dos Beatles

...talvez seja a última música tocada na Antena 1 Rio.

Frenéticas na Antena 1

...Dancin Days marca a abertura da última meia hora da Antena 1 no rádio carioca.

Marcão chorando e dançando

...está tocando YMCA, do Village People, na Antena 1 Rio.

Comunidade da Antena 1 Rio bomba no Orkut

O link é http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=11012261

É necessária a aprovação do moderador, mas o acesso é liberado de forma bem rápida.

Se alguém estiver agravando os estertores da Antena 1....

...aí no rio, por caridade, avise-nos quando colocar o material na internet, combinado?

A despedida da Antena 1 Rio

Desde as 19h de hoje, as locutoras da Antena 1 FM Rio estão se revezando ao microfone para apresentar uma programação especial de despedida. A grande novidade é que a rádio deverá continuar no ar, mas apenas pela web. Infelizmente, sem locução.

O Marcão tá tão emocionado com essa história (nesse momento, ele está dançando no seu quarto ao som dos grandes sucessos da disco music early 70) que se esqueceu de colocar o link da emissora: http://site.antena1rio.com.br/sys/

Corre que ainda dá tempo!!!!!!!

A Antena 1 Light FM, uma das melhores emissoras so seu segmento vai ser assassinado pelos Diários Associados, que porá em seu lugar aquela porcaria que chamam de Nativa FM. No lugar da Naiva FM Rio, entra a Tupi AM.

Cacete, em vez de fazer isso, porque o senhor Alfredo Raymundo e filho não aproveitam e tiram a merda da Nativa do ar? Pisou feio, hein, vovô?

sábado, 30 de maio de 2009

Champions League

Acompanhe a emoção do narrador de uma rádio catalã ao irradiar a grande conquista do Barcelona.


terça-feira, 26 de maio de 2009

Lugar de repórter ainda é na rua

Eu acho que a gente já vem falando isso desde os primeiros dias deste blog. Mas é sempre bom ler alguém que comunga do mesmo ponto de vista e nem é do nosso convívio diário. Se formos chatos pelo menos estamos em boa companhia.


Pastelaria de notícias
Por Alvaro Bufarah, para o site Rádio Agência

Todas as empresas brasileiras falam de crise. Em todos os setores reclamam das quedas nos faturamentos. Nas empresas de comunicação, a situação não é diferente.

O pretexto é de que as verbas publicitárias caíram e, por isso, vários veículos de comunicação estão demitindo profissionais de diversas áreas. Mas acredito que este seja um bom momento para discutirmos os conteúdos e as formas de produção empregadas no mercado de comunicação.

Nos últimos 20 anos, estamos assistindo a redução incondicional de pessoal diante da digitalização de conteúdo. O expurgo se dá por vários motivos entre eles: a otimização de equipes de trabalho, a não adequação dos mais velhos às novas formas de produção, a necessidade de reduzir custos de qualquer forma e a facilidade de utilizarmos mão-de-obra barata dos estagiários, entre outras.

Na base desse processo, temos sérios problemas de gestão e a tradicional economia "burra", aquela que não faz uma análise de médio e longo prazo para a realização de cortes, nem a possibilidade de re-alocação de recursos de forma ponderada. Os resultados são: equipes desmotivadas, um canibalismo profissional (alta competitividade contra o trabalho em equipe), a desvalorização dos profissionais mais maduros por jovens dinâmicos (mas muitos sem conteúdo) e a queda brutal da qualidade do que produzimos para os veículos de comunicação.

Este quadro chega às vias da irracionalidade no corte de estruturas mínimas para o trabalho de diversos profissionais. Entre eles, cito o do repórter. Pode parecer romântico e piegas, mas acredito que uma boa redação tenha seus repórteres na rua. Ao contrário do que assistimos atualmente, onde poucas emissoras têm repórteres e as que mantém um quadro estável de profissionais, força para que eles produzam suas matérias via fone sem sair das redações. Algumas emissoras chegam ao ponto de retirarem até o motorista da viatura. Várias delas dão a chaves dos carros para que os repórteres dirijam até o local da pauta.

Com o avanço da Internet e das agências de notícias (on line) as emissoras passaram a apenas reproduzir o que é disponibilizado sem checar a informação ou adaptar a linguagem às suas audiências. Por isso, fazemos um jornalismo frio, com textos relaxados, erros de concordância e de dados. As informações locais, que realmente interessam aos ouvintes, ficam no plano da obrigatoriedade burocrática (cumprem tabela) e os ouvintes ficam com um pacote de notícias sem sentido, vomitadas de forma ilógica e sem critério de paginação.

Aproveito para distinguir conhecimento de informação. Segundo Peter Burke, o primeiro é quando pegamos os dados e damos a eles sentidos baseados em nossas experiências pessoais, adaptando estas informações às nossas realidades e balizando nossas ações. A informação é apenas o dado entregue às pessoas nas mais diversas formas e veículos.

Na realidade, os ouvintes são enganados de forma vergonhosa, pois têm a impressão de que estão sendo informados, mas estão sendo apenas atolados de dados sem nenhum link, sem a possibilidade de abstrair daquele amontoado alguma informação que realmente gere conhecimento.

Tudo isso, a pretexto de termos profissionais multimídia, rápidos, espertos e capazes de produzir a notícia em vários suportes diferentes no menor tempo possível. O que acabamos produzindo são profissionais estressados, mal informados e sem a menor possibilidade de refletir sobre o que estão fazendo. Ou seja, transformamos as redações em linhas de produção que lembram aquelas pastelarias onde o atendente grita ao cozinheiro: "Manda dois de carne, um de queijo e três de pizza". Transformaram notícia em um produto medíocre e sem função... E ainda querem que nós paguemos por esse conteúdo.

Não sou contra a tecnologia, nem contra o uso das agencias de notícias. Sou a favor de colocarmos os repórteres na rua para produzirmos mais conteúdos com qualidade a tal ponto de termos uma audiência qualificada que ouve o nosso produto porque sabe do seu diferencial e da importância de ouvi-lo primeiro, mas com a segurança necessária da investigação jornalística. Sou partidário do repórter como motor de uma redação e não como um fazedor de pastel.

Dica de Livro

Parte dos problemas enfrentados pelo radiojornalismo está na falta de uma visão sistemática do setor, tanto por parte dos empresários como dos profissionais de redação. Por isso, sugiro a leitura de "Fundamentos do Radiojornalismo" de Paul Chantler e Peter Stewart. Ambos têm uma boa experiência em radio, passando por várias emissoras do Reino Unido e principalmente pela BBC. O livro da Editora Roca é um manual importante para quem quer entender sobre radiojornalismo indo além das questões meramente técnicas, abrangendo formatos e dicas de como fazer bom conteúdo para emissoras noticiosas.


*Prof. Alvaro Bufarah, jornalista, especialista em política internacional, mestre e pesquisador sobre rádio. Coordenador da Pós-Graduação em Produção e Gestão Executiva em Rádio e Áudio Digital da FAAP. E-mail

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Globo e CBN unificam futebol em três canais no FM e AM no Rio

A partir do dia 30 de maio, a Rádio Globo RJ e a CBN RJ unificam sua programação esportiva, reunindo na mesma transmissão dos jogos de futebol nomes como José Carlos Araújo, Evaldo José, Edson Mauro, Gerson, Álvaro Oliveira Filho, Luiz Mendes, Eraldo Leite, Gilson Ricardo, Carlos Eduardo Éboli e muitos outros craques.

Com isso, os jogos do “Futebol Show Globo/CBN” poderão ser ouvidos simultaneamente em três canais: 92.5 FM, 1220 AM e 860 AM. Mais qualidade de som para os apaixonados por futebol não perderem nenhum lance.

Há ainda a opção de ouvir pela internet. É só entrar no site www.globoradio.com

domingo, 24 de maio de 2009

Rádio (rodri)X

Sergio Viriato postou no Blue Bus uma história envolvendo Zé Rodrix e a extinta Rádio X, emissora do Sistema Globo de Rádio que ficava nos 90,5 Mhz, obviamente, num período pré-CBN:

Mas a minha história pessoal com o Zé foi muito divertida. Ele foi a "estrela" do comercial de lançamento da "Radio X" em Sao Paulo, emissora do Sistema Globo de Rádio, lá se vao mais anos do que gostaria de lembrar. Eu era o gerente de marketing responsável pelo projeto e, acompanhando as gravaçoes, conversava um dia com o Zé quando a conversa desencaminha para as séries de TV de nossa juventude e ele me tira da cartola, cantando em sol maior e letra ORIGINAL o tema de 'National Kid' - Naaaationalo kidooooô..... Só mesmo o Zé Rodrix.

sábado, 23 de maio de 2009

José Silvério quase ri de novo

Aconteceu na transmissão da partida entre Palmeiras x Sport, válida pelas oitavas de final da Libertadores. José Silvério, da Rádio Bandeirantes, chama o repórter Alexandre Praetzel para opiniar sobre um lance faltoso. Porém, este não estava prestando atenção em outro detalhe. Desta vez, Silvério conseguiu conter o riso.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Rádio Capital AM quer um estação de FM

O Grupo Rádio Capital está fortemente interessado em adquirir uma emissora FM na cidade de São Paulo para agregar a esse grupo empresarial liderado pela Rádio Capital AM. Na lista das emissoras AM da Grande São Paulo, a Capital está em segundo lugar em audiência e chega a liderar em várias faixas da programação. Entre os comunicadores da Rádio Capital está o campeão de audiência Eli Corrêa, com um programa pela manhã e um à tarde. A Capital AM, que também conta com equipe de Jornalismo e uma completa equipe de Esportes, está em etapa de expansão, num momento de saudável estabilidade financeira e ampla credibilidade entre ouvintes e anunciantes, daí a decisão de levar sua programação para um público ainda maior, por meio de uma FM. (Rodney Brocanelli)

-------------------------------

Como se já não bastasse a Tupi AM virar FM e acabar com a Antena 1 carioca, tal qual fora adiantado pelo blog Middia Clipping, agora vem mais essa. Quer apostar que eles vão pegar uma FM com uma programação um pouquinho melhor? Vamos tentar advinhar:

Gazeta - essa não, o playlist dela é popularesco e dá faturamento, além de pertencer a uma fundação.

89 - Essa bem que podia sumir do ar, a programação é muito fraca.
Nova Brasil - Xiiii, toca MPB, não toca essa música popularesca que abunda no rádio. Sei não
CBN - Era só o que faltava. Tá louco?
Bandeirantes - Não.
91,3 - MHz - Não sei o nome desta rádio. Se alguém souber, nem precisa me falar, mas bem que ele podia sumir do mapa de vez.
Sulamérica Trânsito - Não.
Mitsubishi FM - nem vem, pô. Deixa ela lá.
Eldorado FM - aiaiaiaiaiai. Sabe como é: o grupo Eldorado anda mal das pernas....hummmm....meu Deus....fiquei preocupado agora....
USP FM - Vira essa boca pra lá!!!!!
Antena 1 - Será? Se a homônima foi pro saco.....é corre o risco. né?
Nativa - Não, não tem chance. Mas bem que poderia sumir do mapa.
Band FM - Também não tem chance, mas que está ruim está. Poxa, foi a primeira FM do grupo Bandeirantes, tem história e está abandonada desse jeito???? Ô Johnny, dá uma olhada na Band....
Band News FM - E quem vai concorrer coma CBN?
Energia 97 - É, corre o risco...
Metropolitana - Também corre o risco. Se bem que ela poderia sumir pra dar lugar a uma rádio melhor.
Aleluia - Nem por milagre.
Transamérica - Quase impossível.
Jovem Pan - Totalmente impossível!!! A não ser que fosse pra replicar a Jovem PAN AM.
Alpha - Também corre o risco.
Kiss - A programação dela é fraquíssima, parece mais um simulacro de rádio de rock. È provável que sim.
Imprensa - É provável que sim.
Cultura FM - Definitivamente, NÃO!!!
Transcontinental - De repente.... se o faturamento estiver baixo.....
105 FM - Também é séria candidata.
Ômega - Está no páreo.
Mix - É mais fácil eu achar uma nota de 100 na rua do que a Mix ser arrendada...
107,3 - Eterna candidata a ser arrendada. Nunca foi, mas corre sempre no páreo. Se ele não fosse emissora educativa, já estaria nas mãos de alguma denominação religiosa.
Tropical - Fortíssima concorrente. Emissora pequena, já toca o populacho da música....

Espero que, se for pra fazer uma rádio nova, que seja nova mesmo. Niguém aguenta mais clones de FM no AM em plena era digital. Se bem que, cá para nós, não deixa de ser uma forma de aumentar o número de canais quando a digitalização vier. Desta forma, em vez 4, a Capital pode ter a seu dispor 8 canais. Imagina quanto não terá a Band, hein?

Podcast reflexivo - Banda Larga, Mente Estreita

Que tal a gente refletir um pouco sobre o uso exagerado de tecnologia? Onde está o ser humano?

Banda Larga, mente estreita, por Guto Russel

Rádio Câmara Municipal de Arapiraca

Já está noar a Rádio da Cãmara Municipal de Arapiraca, comandda pelo meu amigo Beto Silva. Aprendeu tudo sobre rádio comigo, kkkkkkkk. E emissora estáindo bem, obrigado.

Clique e ouça:

The Big Boy Show - o filme

Parte 1



Parte 2

Esse homem é uma bateria ambulante

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Última forma

Sobre o zum zum zum envolvendo a frequência da Antena 1 no Rio de Janeiro, recebemos as seguintes mensagens dos nossos fiés leitores:


Philippe Fernandes disse...

Mas há quem diga que a rádio não foi vendida à Rede Mundial, mas sim aos Diários Associados. Nesse caso, a Tupi AM seria retransmitida no FM.


Anderson Diniz Bernardo disse...

A cada hora uma nova informação aparece. Agora não se sabe nem se a Tupi da Mundial/CBS (ou se qualquer emissora da CBS) vai entrar ou se é a própria PMDB AM, como disse o Marcelo Delfino, que vai para os 103.7 - ou para 96.5!

Uma coisa não tem como discordar sobre esse seu palpite: seria melhor que qualquer uma das opções que foram faladas até agora!

Ah, e o assunto ainda não esgotou. Tem mais aqui: http://midiaclipping.blogspot.com/2009/05/futuro-da-frequencia-da-antena-1-no-rio.html

André Luis Alves de Amorim disse...

Soube ontem, 3ªfeira, que, desmentindo as notícias que eu li anteriores a ontem, a Nativa FM, o amor do Rio, trocaria os 96,5 MHz pelos 103,7 da Antena 1 e os 96,5, que hoje pertencem à Nativa ficariam com a Super Rádio Tupi AM 1280 KHz (repetidora da AM). A Rede Mundial por enquanto não estará no RJ. Quem arrendará a frequência 103,7 é o Diários Associados-RJ, para transmitir a Nativa FM. Vamos ver que bicho que vai dar no começo de junho no dial FM carioca.

O jeito é aguardar.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Rede Mundial chega ao Rio de Janeiro. Mas com qual emissora?

O camarada André Luis Alves de Amorim deixou a seguinte mensagem no nosso sistema de comentários:

A Antena 1 do RJ vai acabar. A Rede Mundial vai arrendar a Lite FM (nome jurídico da Antena 1 - 103,7 no RJ). E a emissora vai virar Tupi FM (104,1 FM, em SP), com a programação sertaneja ou breganeja.
Os ouvintes estarão organizando um protesto em frente a rádio na Rua Cândido Gafrée, na Urca, no dia 31 de maio. O que o dinheiro não faz com o dial do RJ.


O também camarada Anderson Diniz Bernardo esgota o assunto no seu blog Midia Clipping.

Eu tenho um palpite. A emissora que a Rede Mundial deverá colocar no ar no Rio de Janeiro é a Kiss FM. Repetindo: é apenas um palpite, não se trata de inside information.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Metropolitana firma parceria para promover programa do SBT


O SBT conta com uma parceria inédita na edição 2009 do programa Astros. A partir deste ano, a Metropolitana FM (98,5 mhz em São Paulo) organizará shows com integrantes reality show, nos quais os telespectadores poderão ver ao vivo o desempenho dos candidatos. A Rádio Metropolitana também informará aos ouvintes as novidades de Astros durante os seus intervalos comerciais, enquanto o programa veiculará o nome da emissora parceira ao menos duas vezes por edição.

“Ao saberem das novidades de Astros, nossos ouvintes sentirão instigados a acompanhar o programa. Já os telespectadores saberão que muitas das músicas tocadas na TV poderão ser ouvidas na Metropolitana FM em sua versão original”, afirma o diretor geral da rádio, Jayr Sanzone Jr.

Com os shows, os espectadores poderão ver o desempenho dos candidatos em uma apresentação com grande público, o que trará mais subsídio na hora da escolha do vencedor do reality show. “Em shows recentes, levamos cerca de 90 mil pessoas, de acordo com dados da Polícia Militar, para uma apresentação em Ferraz de Vasconcelos, além de outras 20 mil em Poá. Serão provas de fogo para os candidatos”.

Teleton
Esta não será a primeira parceria entre as duas emissoras. Em 2008, o SBT contou com a Metropolitana FM na divulgação do Teleton. Naquela oportunidade, a rádio promoveu a festa Metronight Teleton Especial no Club Lótus, além de veicular flashes ao vivo na programação do SBT apresentados por locutores da rádio. Na Rádio Metropolitana, os ouvintes acompanharam todos os detalhes da festa, ao vivo.



--------------------------------------------

O arquirrival do programa "Astros" do SBT, o "Ídolos" da Record, na temporada anterior usou o Myspace pra divulgar o programa e interagir com os ouvintes. Só que, o pessoal do SBT parece ser mais atento do que a galera da concorrência. Vai ver que alguém lembrou que o "patrão" já trabalhra em rádio e sabe a força que o veículo tem. Ponto para a Metropolitana. Ponto para o SBT,a aiiiii.

domingo, 17 de maio de 2009

Um ano sem Antônio Carvalho

Hoje, completa-se um ano da morte do radialista Antônio Carvalho, que defendeu por muito anos o microfone da Rádio Bandeirantes (SP). No vídeo abaixo, é possível ouvir o radialista Zancopé Simões, durante a abertura de "Bandeirantes, a Caminho do Sol", falando sobre a perda do companheiro.

sábado, 16 de maio de 2009

Daqui a pouco tem Rádio Base Urgente

Ouça a partir das 14h, na Rede USP de Rádio, 93,7MHz, São Paulo, 107, 9 MHz, Ribeirão Preto, o melhor da música pop no Brasil. Pela internet ouça por aqui ou pelo portal do programa.

Recordando alguns locutores de outrora

Relembre alguns locutores de FMs paulistanas da década de 80.



Para baixar este arquivo, clique aqui

sexta-feira, 15 de maio de 2009

William Bonner diz que narração do gol de Nilmar foi espetacular

do Zero Hora

Apresentador brincou com expressão usada por Pedro Ernesto, de que "Nilmar fez guisado da defesa corintiana"

O golaço de Nilmar contra o Corinthians na estreia no Brasileirão, no último domingo, repercutiu em vários lugares do mundo. A narração feita por Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha, também ganhou destaque. O Jornal Nacional, da Rede Globo, utilizou a gravação para transmitir a emoção de como os gaúchos ouviram o gol do atacante colorado. William Bonner, apresentador do telejornal, declarou nesta terça que achou a narração espetacular.

– Todas as ideias que eu tive para tratar daquele gol no Jornal Nacional já tinham sido executadas anteriormente. Quando tivemos a reunião, a primeira ideia que eu tive foi mostrar o gol sem a narração, só com som ambiente, e alguém observou que não seria algo diferente. Então decidi ver como eles (torcedores colorados) ouviram isso na Rádio Gaúcha, e todos gostaram. Depois ainda falamos em ouvir o Nilmar e a mãe dele, que foi homenageada pelo gol – explicou.

Bonner disse apenas que teve um cuidado em não utilizar a parte final da narração de Pedro Ernesto, que falava em fazer guisado da torcida corintiana.

– A narração espetacular chamou atenção, mas eu tive cuidado de cortar o fim. Aquele papo de transformar a defesa do Corinthians em guisado não dá para colocar no Jornal Nacional – comentou ele com bom humor.

A narração de Pedro Ernesto:
GOOOOOLLLL, GOOOOOOOLLLL!!! Mais do que um gol, um golaço! Mais do que um gol, uma pintura! Mais do que um gol, uma fila interminável que Nilmar conseguiu conduzir contra o Corinthians marcando o gol colorado! Nilmar fez guisado da defesa corintiana! Nilmar partiu pedaço por pedaço da defesa do Corinthians, fez como uma máquina de moer carne e acabou marcando o gol do Internacional!


Comentário: O grupo RBS tem motivo de sobra para se orgulhar de tal feito. Porém, a idéia que William Bonner não teve nada de original, muito menos genial. Dezenas de usuários colocam no YouTube vídeos com montagens que unem o som do rádio com a imagem da televisão, especialmente nos lances de gols.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Rádio FM pirata transmitia conteúdo de outra emissora

Abner Laurindo, do Jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba

A Polícia Civil de Sorocaba investiga como o conteúdo musical e publicitário da rádio Web Fox Rock, instalada no centro da cidade e vinculada pela internet, também era retransmitido há mais de seis meses por uma rádio de frequência modulada (FM) pirata, ou seja, sem registro na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

As antenas que emitiam o sinal da rádio na rede de computadores às ondas da rádio normal 107.1 FM estavam instaladas em uma chácara, na rua Das Borboletas, perto da represa de Itupararanga, em Votorantim. Elas foram apreendidas ontem de manhã pela polícia com apoio de agentes técnicos da Anatel e encaminhadas para perícias técnicas. Não havia ninguém no local durante a ação policial.

Além das antenas externas, os policiais apreenderam dois transmissores e dois receptores de sinais. Os policiais agora querem saber onde está o transmissor link, responsável pela retirada do conteúdo da rádio web, e o operador do aparelho que a Anatel não conseguiu rastrear sua localização. Ninguém foi preso porque ainda não chegamos ao autor do crime que está previsto no Código Brasileiro de Telecomunicação (CBT), cuja pena é de 2 a 4 anos de detenção, explicou o delegado Marcelo Carriel. Ele disse que as investigações devem prosseguir e uma das pistas para chegar aos responsáveis pelo crime é identificar o dono da chácara onde foram encontrados os equipamentos de retransmissão.

Rádio Web está legal - Os donos da rádio Web Fox Rock, Alexandre Ayres dos Santos, 34 anos, e Joelson Stankel, 28 anos, disseram que descobriram que o conteúdo da rádio era transmitido para uma faixa FM no final do ano passado e que, inclusive, denunciaram o fato para a Anatel, mas, segundo eles, foram ignorados e a situação não foi verificada pelo órgão que só passou a investigar depois da denúncia à policia.

Liguei para Anatel e pediram que eu desse a localização do transmissor link para que a denúncia pudesse prosseguir. Eu disse que não sabia e então disseram para eu descobrir primeiro e depois denunciar novamente, garantiu Santos. Eles disseram que não teriam interesse algum de se aventurarem numa situação delituosa, uma vez que a rádio faz sucesso e ultrapassa os 3 mil ouvintes.

Apesar da rádio estar completamente regular e com a documentação em dia, seus sócios foram arrolados pela polícia como averiguados e devem fazer parte do processo de investigação policial.


---------------------------------------

Ué, e é o denunciante que tem de dizer onde está a rádio pirata???? Brincadeira, né? Se for pra dizer onde a rádio fica, para que existe Anatel? É o cidadão que tem de investigar. Então se é para investigar, é melhor deixar as rádios piratas abertas, uma vez que, quem tem de fiscalizar não quer fazer o serviço!!!!! Só acontece no Brasil mesmo.

sábado, 9 de maio de 2009

Mas o que que é isso, Ulisses Costa - Parte 2

Na partida de abertura do campeonato brasileiro, o narrador Ulisses Costa, da Rádio Bandeirantes, resolve cornetar o zagueiro Mauricio Ramos, do Palmeiras, que perdeu um gol incrível durante a partida contra o Coritiba. O que ele não contava, porém, era com o fato de que o jogador estava impedido. O comentarista Claudio Zaidan fez o alerta e praticamente derruba Ulisses Costa. Este tenta contornar a situação dizendo, em tom de brincadeira, que vai abandonar a transmissão e o repórter Alex Muller aproveita a ocasião para dar uma de narrador. Acompanhe no player abaixo.

Outra Versão #82 - O Penúltimo

Penúltimo programa Outra Versão na área, trazendo samba do bom. Especial Casuarina:

Casuarina – Falso Moralista;
Casuarina – Já Fui uma Brasa;
Casuarina – Swing de Campo Grande.

Composições de, na ordem, Nelson Sargento, Adoniran Barbosa e Luiz Galvão/Moraes Moreira/Paulinho Boca de Cantor.





Para baixar o mp3, clique aqui. Ou então, acesse a página do Outra Versão.

Até semana que vem, com o último Outra Versão.

Stephany ganha adesão de peso

E não é que nossa musa do momento piauiense acabou de ser citada no programa "Você é Curioso", da Rádio Bandeirantes? Dois a zero pra Stephany!!!!!, hehehehehehehehe

sexta-feira, 8 de maio de 2009

ESPN/Eldorado retoma tradição e dá presente aos torcedores do Corinthians

A Rádio Eldorado/ESPN está retomando uma tradição que foi abandonada por muitas emissoras de rádio. Ao final de um grande campeonato de futebol, era comum o lançamento posterior de um disco comemorativo em homenagem ao campeão do respectivo certame. Eu lembro particularmente de dois desses discos. Um foi da Rádio Guaíba, de Porto Alegre, celebrando o tricampeonato brasileiro do Internacional. Por sua vez, a Rádio Bandeirantes (SP) lançou vários discos que marcaram títulos conquistados pelo Corinthians. Certa vez, fui acordado por um vizinho que resolveu tocar no último volume um disco que marcava o título paulista de 1979, vencido em cima da Ponte Preta, com direito a narrações de Fiori Giliotti.

Por algum motivo qualquer (imagino que comercial), essa tradição se perdeu, especialmente no rádio esportivo paulistano. No Rio Grande do Sul, ainda é comum esse tipo de lançamento. A dobradinha Eldorado/ESPN resolveu inovar. Fez o seu, digamos, álbum especial para o título paulista de 2009 conquistado pelo alvinegro de Parque São Jorge. Mas a distribuição desta vez é gratuita. Basta apenas acessar um hot site e baixar o conteúdo: todos os gols da campanha, os comentários dos integrantes da equipe esportiva e a íntegra da partida final. Os que desejam ter esse material em CD podem também baixar a arte-final tanto para a capa como para o disco. Espera-se que tal iniciativa vire tradição não apenas na Eldorado/ESPN, mas nas outras emissoras.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Bandeirantes leva ao ar série sobre o campeonato brasileiro

A Rádio Bandeirantes leva ao ar a partir de amanhã uma série especial sobre o Campeonato Brasileiro de Futebol, que começa no dia 9. O repórter Pedro Campos entrevista jogadores, técnicos, árbitros e ex-craques como Túlio Maravilha, jogador com o maior número de gols na história do Campeonato.

A série também aborda a situação dos principais clubes, os reflexos da crise econômica no futebol e a fórmula consolidada de pontos corridos. Milton Neves, José Silvério e Mauro Beting também participam do especial. Dividida em cinco capítulos, a série de reportagens vai ao ar de terça a sábado durante o Jornal Primeira Hora (de segunda a sábado, das 7h às 8h).

www.radiobandeirantes.com.br

Rádio Record transmite Campeonato Brasileiro

No próximo domingo, dia 10 de maio, a bola começa a rolar no Brasileirão e a equipe esportiva da Rádio Record inicia uma cobertura diferenciada dos principais jogos disputados nas 38 rodadas do mais importante torneio de futebol do País. No campeonato deste ano, que será realizado até o dia 6 de dezembro, a emissora vai priorizar a transmissão das partidas disputadas nas noites de quarta-feira e também dos confrontos realizados aos domingos. "Vamos priorizar as coberturas de quarta e domingo. Porém, sempre que houver um jogo importante na terça, quinta ou sábado, também estaremos presente", revela Paulo Roberto Martins, Diretor de Esportes da Rádio Record.

Segundo Cássio Lima, Diretor Geral da emissora, a Record vai transmitir o melhor da competição durante os oito meses de disputa. "Consideramos o Brasileirão o campeonato mais importante do cenário nacional e a equipe de esportes da emissora estará em todas as rodadas do torneio levando aos ouvintes muita emoção e qualidade", revela. O time da Rádio Record é composto pelos narradores Dirceu Maravilha, Edemar Annuseck, Jorge Vinicius e pelos comentaristas Juarez Soares, Paulo Roberto Martins e Osmar Garrafa.

Em todas as rodadas do Campeonato Brasileiro de 2009, a jornada esportiva da Rádio Record vai priorizar o pré-jogo, com matérias especiais dos clubes, detalhes mais importantes das partidas, informações das concentrações, condições do trânsito e a chegada dos torcedores aos estádios. Os comentaristas da emissora analisam as virtudes e defeitos das equipes e opinam sobre as reais chances de cada time nos confrontos.

Outro diferencial da Rádio Record na cobertura do Brasileirão acontecerá após o apito final do árbitro. Ao vivo dos vestiários, a equipe de repórteres da emissora vai conversar com jogadores, técnicos e dirigentes. Além dos principais acontecimentos das partidas, os ouvintes vão ficar sabendo de tudo o que acontece nos bastidores dos principais confrontos. Os comentaristas analisam ainda as declarações dos entrevistados, o desempenho dos jogadores e os lances polêmicos.

"A Rádio Record mantém sua tradição no futebol e convoca todos os torcedores para ouvir os jogos do Brasileirão 2009 através do AM 1000 ou também pelo site www.radiorecord.com.br", afirma Cássio Lima. Os torcedores do São Paulo, Grêmio, Cruzeiro, Palmeiras, Flamengo, Internacional, Botafogo, Goiás, Coritiba, Vitória, Sport, Atlético-MG, Atlético-PR, Fluminense, Santos, Náutico, Corinthians, Santo André, Avaí e Barueri vão acompanhar uma cobertura diferenciada, com qualidade e muita tradição.

O maior barbeiro do Brasil

Estava eu navegando e jogando conersa fora pelo MSN quando entrei no link do site "O Maior Barbeiro do Brasil". Entrando lá, acessei uma pa´gina qque pedia para contar histórias de barbeiro e encontrei a seguinte missiva:

"O maior barbeiro do Brasil"

06/05 por claudio martins olesko
Mesmo morando à apenas 18 anos na cidade de São Paulo, vi nascer o maior e melhor barbeiro do Brasil. Quase que diariamente, encontro-o, sempre no mesmo horário e sigo a sua rotina de trabalho, e quase sempre ele comete as suas barbeiragens. Vive na direção da sua Kombi branca, ano sessenta e poucos, caindo aos pedaços, mas ainda em pleno funcionamento. Alguns dizem, inclusive amigos seus, que não tem jeito, um foi feito para o outro e vivem em total harmonia. Esta é a estória, em poucas palavras, do maior Barbeiro do Brasil, aquele que diariamente nos ajuda através da rádio cbn à entender e enfrentar o maior trânsito do país. Parabéns ao âncora HERÓDOTO BARBEIRO, o maior barbeiro do Brasil...abraço a todos

Votar Visitas: 3 Votos: 0 1 2 3 4 5

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Mix Recife

Editado do AdNews

Está prevista para 1º de junho a estreia oficial da Rádio Mix Recife (103.1 FM). Por enquanto, a frequência, que antes transmitia a programação popular da Sucesso FM, está veiculando chamadas de expectativa para a nova programação.

A Rádio Mix Recife seguirá os padrões adotados por todas as afiliadas da Rede Mix de Rádio e terá programação voltada ao público jovem, com muito pop, rock, reggae e black music, promoções que diferenciam a Mix FM de suas concorrentes pelo país, e muito humor com o quadro Jackson Five, o motoboy filósofo interpretado por Marco Luque, um dos apresentadores do televisivo “CQC”.

As principais concorrentes da Mix Recife serão as rádios Jovem Pan (95.9 FM) e a Transamérica (92.7 FM). Segundo Alexandre Medeiros, gerente de expansão da Rede Mix de Rádio, a nova afiliada pretende conquistar a liderança entre as rádios jovens da capital pernambucana em breve.

Por onde anda Gilberto Pereira????

Estávamos eu e Rodney tomando chá mate com suco de tâmaras no boteco virtual da internet quando surgiu uma dúvida: "por onde anda Gilberto Pereira, o grande apresentador do magistral programa 'Bandeirantes, boa noite', líder de audiência do rádio nos anos 80".

Se alguém souber, por favor nos avise, tá?

Funcionários da USP iniciam greve por tempo indeterminado

Decidi colocar esta notícia porque, como o nosso leitor sabe, a USP FM pertence à Universidade de São Paulo. E o seu ouvinte da rádio talvez queira saber por quê eventualmente ela está funcionando a título precário neste momento, no que pese o fato de ser uma emissora pública.

---------------------------------------------

Colaboração para a Folha Online

Os funcionários da USP (Universidade de São Paulo) iniciaram nesta terça-feira greve por tempo indeterminado para reivindicar, entre outros itens, melhores salários. Uma assembleia acontece na manhã de hoje para discutir a paralisação. Segundo Aníbal Antônio Cavali, diretor do Sintusp (Sindicato dos Trabalhadores da USP), ainda não há um levantamento de quantos funcionários aderiram à greve, mas destaca que o movimentos prejudica o atendimento em restaurantes, transportes e na prefeitura da Cidade Universitária.

Cavali afirmou que uma pauta com todas as reivindicações dos funcionários foi entregue ao Cruesp (conselho de reitores formados pelas universidades USP, Unicamp e Unesp) --responsável pelas negociações salariais-- no último dia 16, solicitando uma reunião para discutir as reivindicações ainda no mês de abril, mas a reitoria se manifestou a favor de que a reunião aconteça apenas no dia 18 de maio. "Essa demora em se manifestar, mostra o descaso da reitoria em relação as nossas reivindicações. Dia 18 é apenas três dias antes de fechar a folha de pagamento. No caso de uma proposta da reitoria, nós precisamos discutir em assembleia o que impossibilita a inclusão de nossas reivindicações na folha de pagamento", destaca Cavali.

Procurada pela Folha Online, a reitoria da USP afirmou que já recebeu as reivindicações e que uma reunião deve agendada entre o Cruesp e os sindicatos, mas destacou que ainda não possui uma data para esse encontro. Dentre as reivindicações dos funcionários está a incorporação de R$ 200 nos salários, além de reajuste de 17%. De acordo com Cavali, também há uma reivindicação para que o sindicalista Claudionor Brandão, ex-diretor do Sintusp, seja readmitido após demissão por justa causa.

O diretor de base do Sintusp, Magno de Carvalho, destacou em paralisações anteriores que a categoria também é contra a multa de R$ 346 mil aplicada contra o sindicato devido a ocupação da reitoria da universidade em 2007. "Eles dizem que o sindicato deve pagar pelos danos causados ao local. Um sindicato que arrecada R$ 80 mil por mês não tem como pagar isso. Parece que eles querem fechar o sindicato", afirma ele.


---------------------------------------

terça-feira, 5 de maio de 2009

Cortes no Rádio de SP 2

A Rádio Capital se pronunciou oficialmente sobre os recentes cortes no seu quadro de comunicadores:

"A Rádio Capital AM, de São Paulo, perdeu nesta semana, pelo menos momentaneamente, três de seus melhores profissionais: o noticiarista e apresentador José Maria Scachetti, a repórter de assuntos gerais Ilana Alves e o narrador esportivo Ivo Morganti. A saída deles é decorrente de ajustes funcionais e financeiros na emissora, que, a exemplo de quase todos os demais veículos de comunicação do País, sofre conseqüências da crise econômica mundial. As portas da Rádio Capital continuam abertas para todos os três, para um possível retorno, tão logo haja condições. José Maria, com 11 anos de Rádio Capital, vinha sendo o apresentador do "Verdade Capital 1040" desde o lançamento desse jornal, há dois anos e meio. Desde terça-feira, dia 5, o programa, das 4 às 5h30 da madrugada, é apresentado por Adriano Barbiero, que também apresenta "Acorda, São Paulo", da 1 às 4 horas. José Maria, com experiência anterior nas Rádios Bandeirantes, Jovem Pan e Gazeta, já foi sondado por várias emissoras. A repórter Ilana Alves, com 8 anos de Rádio Capital, permanecerá dando aulas de Rádio, TV e Publicidade na Uniban, enquanto aguarda propostas. Ivo Morganti, que foi revelação da TV brasileira nos anos 80 como apresentador do programa "Aqui Agora", no SBT, contribuiu, durante um ano e meio como narrador esportivo, para que a equipe de Esportes da Capital chegasse à condição de uma das mais ouvidas de São Paulo. Ele continuará na televisão, participando, aos domingos, do programa de Roberto Avallone na CNT. As três vagas não estão congeladas, já que a direção da Rádio Capital acredita na reação da economia brasileira nos próximos meses".

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Cortes no Rádio de SP

por Anderson Cheni

Uma segunda-feira triste para o Rádio do Brasil, especialmente para o Rádio Esportivo de São Paulo.

Mais profissionais estão disponíveis no mercado por causa das demissões ocorridas nesta em duas grandes e tradicionais emissoras: Record e Capital.

Na Rádio Record o Departamento de Esportes foi reduzido.
Sairam os repórteres: Bruno Mendonça, Fabiano Farah e Sérgio Orinde. Além de Wéber Lima (apresentador) e Kátia Angelo (produtora) outros cortes atingiram a técnica e o artístico da emissora da Barra Funda.

Na Capital sai Ivo Morganti (narrador e apresentador), José Maria Scachetti e Ilana Alves (ambos do jornalismo).

Boa sorte a todos colegas e amigos de trabalho, força e muita FÉ minha gente.



Comentário: Weber Lima mal chegou a Record e já foi demitido.

O colunista Flavio Ricco acertou na mosca. Há alguns duas reproduzimos aqui informações de sua coluna sobre ums possível extinção do departamento de esportes da Rádio Record. O motivo: a recente contratação do comunicador Paulo Barbosa deixou a emissora com problemas de caixa.

E com relação à Rádio Capital, vamos aguardar alguma palavra oficial sobre os desligamentos. O corte atingiu o departamento de esportes, que vem apresentando um bom desempenho no ranking de audiência, deixando a emissora na segunda colocação em alguns dias de jornada esportvia.

sábado, 2 de maio de 2009

Rádios piratas interferem nas comunicações aéreas

Segundo o coletivo Rádio Muda, cujo o transmissor pirata foi apreendido recentemente, NÃO.

Eles dizem que o problema não é bem esse. Clique aqui.

Quem é a nova rainha da música? Malu ou Stefhany?

Ambas tem 17 anos. Uma nasceu em um cidade perdida no interior do Piauí. A outra é gaúcha. Uma toca violão e gaita, escuta blues e folk desde menina. A outra, fazia coro pra a mãe, que faz shows de forró pelo nordeste afora. Uma é cultuada pelos internautas "in", como o meu amigo Rodney Brocanelli. A outra faz suceso é com o povão mesmo. Uma foi matéria do jornal Extra do Rio de Janeiro. A outra, já deu entrevista pro joão Gordo e pro Jô Soares. As música de uma vivem tocando nas rádios de forro pelo país afora. A outra rola clipes na MTV e algum canal perdido de UHF. Uma compõe músicas folk e em inglês. A outra, estorou no "norte" fazendo versão de "AThousant Miles", de Vanessa Carlton, em cujo clipe ela anda no Cross Fox.

Estamos falando de Malu Guimarães, a cantora preferida do Rodney Brocanelli e a piauiense Stefhany, minha musa musical do momento. Qual você prefere? Opine lá no nosso blog. http://radiobaseurgente.blogspot.com ou no Twitter. @radiobase.



Stephanie: A GRANDE PROMESSA DA MÚSICA POPULAR!!!!!!!!



Malu Magalhães: só o Rodney mesmo para gostar dela!!! Ah, para com isso!!!

Rosana Hermann relembra os tempos de Djalma Jorge Show

A 5ª edição do podcast Radiofobia traz uma entrevista com a multimídia Rosana Hermann, autora de um dos blogs mais lidos do Brasil, o Querido Leitor. Na década de 80, Rosana era uma das responsáveis pelo texto do programa Djalma Jorge Show, da Jovem Pan FM. Pioneiro do humor non-sense no FM, o programa contava com as vozes de Tutinha ("o póprio djalmalhes"), Emilio Surita, Oscar Pardini e Beto Hora, entre outros profissionais. Rosana fala sobre o seu dia a dia internético e revela sua face de compositora de sucessos da música popular brasileira. No finalzinho da entrevista, ela conta quando foi receber R$ 11 no ECAD, por conta de uma música que compôs e estourou no Brasil inteiro com o grupo Placa Luminosa.

Para ouvir o programa, acesse o Radiofobia. O podcast tem a apresentação de Leo Lopes e Cleber Quessada, entre outros "agregados" que aparecem em outros episódios.

E no programa Rádio Base Urgente de hoje......

Acompanhe o roteiro e saiba o que vai rolar hoje no programa Rádio Base Urgente - o pop rock levado a sério,logo mais às 14 horas da Rede USP de Rádio.

VINHETA ABERTURA
BG SOBE - 15 S - VOLTA A BG

LOC> MUITO BOA TARDE PARA VOCÊ QUE ESTÁ SINTONIZADO NA REDE USP FM. COMEÇANDO AQUI MAIS UMA TRANSMISSÃO DA RÁDIO BASE URGENTE, SEMPRE LEVANDO O POP ROCK A SÉRIO.
(ANUNCIA PRIMEIRO BLOCO - ACUSA RECEBIMENTO DE MENSAGENS - COMENTÁRIOS)

TEC>
020501.DANCE OF THE DAYS - SERÁ QUE A GENTE CONSEGUE FAZER UM 77 (2:36)
020502.INOCENTES - FÚRIA (2:52)
020503.TEQUILA BABY - BALÃO NA BOCA (3:26)
020504.MAZZAROPI CONTRA O CRIME - E- VIDA (2:49)
020505.RUA 25 - SEM FUTURO (1:32)
020506.020506 - PÁTRIA ARMADA - CRUÉIS PREDADORES (1:26)
020507.GAROTOS PODRES - VOMITARAM NO TREM (1:52)

LOC> RÁDIO BASE URGENTE, O POP ROCK LEVADO A SÉRIO.
(DESANUNCIA - COMENTÁRIOS - CONTATOS)
AGORA A GENTE FAZ O PRIMEIRO INTERVALO E VOLTA LOGO EM SEGUIDA.

TEC> Vinheta ESTAMOS APRESENTANDO

TEC> Vinheta VOLTAMOS A APRESENTAR
BG SOBE - 5 S - VOLTA A BG

LOC> DE VOLTA AQUI PELA USP FM, O SEU PROGRAMA RÁDIO BASE URGENTE.
(ANUNCIA SEGUNDO BLOCO - COMENTÁRIOS)

TEC>
020508.020508 - RESISTÊNCIA 77 - SONHAR PRA VIVER (3:30)
020509.ARAME FARPADO - VIDA CONDENADA (1:44)
020510.MUKEKA DI RATO - VISUAL É TUDO (1:27)
020511.AUTOGESTÃO - CRACOLÂNDIA (3:00)
020512.MERCENÁRIAS - PÂNICO (1:55)
020513.DISTÚRBIO MENTAL - ASFALTO DA MORTE (3:25)
020514.RUDES (BARUERI - SP) - REVOLUÇÃO (3:08)

LOC> RÁDIO BASE URGENTE, O POP ROCK LEVADO A SÉRIO.
(DESANUNCIA - COMENTÁRIOS - CONTATOS)

AGORA A GENTE FAZ O SEGUNDO INTERVALO E VOLTA LOGO EM SEGUIDA.
TEC> Vinheta ESTAMOS APRESENTANDO

TEC> Vinheta VOLTAMOS A APRESENTAR
BG SOBE - 5 S - VOLTA A BG

LOC> DE VOLTA AQUI PELA USP FM, O SEU PROGRAMA RÁDIO BASE URGENTE.
(ANUNCIA SEGUNDO BLOCO - COMENTÁRIOS)

TEC>
020515.ANTIMÍDIA - INFORME PUBLICITÁRIO (1:51)
020516.SQUEMATOZÓIDE - NÃO TENHO AMIGO MULHER (2:08)
020517.BISK 8 - DAQUI A 80 ANOS (1:47)
020518.88 NO - POR UM FUTURO MELHOR (3:54)
020519.MÁ POSTURA - FIM DO MUNDO (VINHEDO - SP) (2:03)
020520.METEOROS - SOB O CÉU DE BAGDÁ (3:20)
LOC> RÁDIO BASE URGENTE, O POP ROCK LEVADO A SÉRIO.
(DESANUNCIA - COMENTÁRIOS - CONTATOS)

NOSSO PROGRAMA FICA POR AQUI. NA MESA DE SOM, RAFAEL PADOVAN E JUAREZ MOLINARI. PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO, MINHA MARCO RIBEIRO. VEM AÍ REGIS TADEU E O RCOK BRAZUCA, MUITO OBRIGADO PELA SINTONIA E ATÉ A PRÓXIMA!

TEC> Vinheta ENCERRAMENTO

Primeira Hora faz 47 anos

E tem mais radiojornal fazendo aniversário. O Primeira Hora, da Rádio Bandeirantes, completou 47 anos no ar neste dia 1º de maio. José Paulo de Andrade, dentro do Jornal Gente, fez um registro interessante sobre a data e lembrou vários profissionais que integraram sua equipe. Acompanhe no player abaixo.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Programa da Rádio Guaíba, mais antigo noticiário do rádio brasileiro, completa 52 anos

Da Redação do Portal IMPRENSA

O programa "Correspondente Guaíba", da Rádio Guaíba, completa 52 anos. Criado junto com a emissora gaúcha em 30 de abril de 1957, o noticiário tem como meta ser "uma volta ao mundo em dez minutos".

Em quase seis décadas de existência, o programa teve apenas quatro apresentadores: Ronald Pinto, Jorge Alberto Mendes Ribeiro, Ênio Berwanger e Milton Ferretti Jung, este seu locutor titular desde 1964.

Jung é detentor de uma marca inédita: nenhum locutor, no Brasil, se manteve durante tão longo período como apresentador de um mesmo noticiário. "Os ouvintes que ao longo desses 52 anos nos acompanham são quem melhor pode falar dessa síntese de notícias que é um recorde de longevidade", afirma.

Para o locutor, as histórias contadas pelos ouvintes durante todos estes anos são uma demonstração da credibilidade conquistada pelo noticiário. "Não me canso de ouvir os relatos. Afinal, são esses testemunhos de antigos e jovens guaibeiros que me levam a continuar no microfone ainda com a garra de um neófito na profissão", declara.

O "Correspondente Guaíba" vai ao ar de segunda à sábado, em quatro edições: 9h, 13h, 18h50 e 20h, com o patrocínio atual da Aspecir Previdência. Aos domingos, o programa é transmitido às 13h e às 20h. O noticiário é produzido e editado pelo Departamento de Jornalismo da emissora.

É o cinema no rádio: A premiação da APCA, segundo Fábio Rubira e Mário Júnior

A imagem está meio de longe, mas dá para ouvir que é o Laerte Sarrumor a Alcione Sana, da rádio USP FM. Ah, um certo "João Saldanha", da CBN, recebeu o prêmio também. João Saldanha? Caraca, eu votei num espírito!!!! Oxi. O smestres de cerimônia são aqueles dois caras do PQP (é PQP mesmo)?




Ah, sim, claro. O Marcos Lauro, segundo o Fábio Rubira, diretor do curta-metragem, é aquele ponto amarelo no canto direito. O ponto branco é o professor Silvio Di Nardo, um dos remanescentes do jornal "Última Hora."

E eu estava ali na sétima cadeira da quarta fila da platéia, perto da sáída de emergência. Será que dá pra ver?

Servidor de rádio vai parar na polícia

A Rádio Livre.org era um importante site que abrigava diversas webradios não comerciais. E sua máquina foi "detida". Pode isso? Leia abaixo



Comunicado do Grupo Saravá a respeito do servidor apreendido no IFCH
No dia 06/08/08, a Policia Civil do 7º DP de Barão Geraldo (Campinas) apreendeu o servidor de internet do Grupo de Estudos Saravá que estava hospedado no IFCH - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp, devido a uma denúncia feita pela reitoria da mesma universidade.

O Saravá, grupo multidisciplinar de tecnologia, cultura, política e sociedade, utiliza como campo de estudo seu próprio servidor sendo este utilizado por diversos grupos sociais. Operando esse servidor desde maio de 2005 no IFCH, o Saravá fomenta o intercâmbio entre grupos sociais e tecnologia informacional, sendo essa interface o seu principal campo de estudos.

Com base numa denúncia enviada pela Comissão Holandesa de Proteção à Informações Pessoais de que havia um sítio no servidor divulgando dados privados de cidadãos holandeses, a Reitoria da Unicamp acionou a polícia brasileira, sem ao menos ter o cuidado de tomar conhecimento do que se tratava pois não entrou em contato com a direção do instituto(IFCH), nem com os/as responsáveis pela administração da máquina, procedimento corriqueiro em casos de pedidos relacionados a conteúdos disponibilizados na internet pela universidade.

O sítio em questão foi instalado em Maio de 2008, como proposta de estudo de um grupo que trabalha com a problemática da imigração, tratada como ilegal na Holanda. O sítio estabelecia a "cadeia produtiva" da indústria da deportação holandesa, relacionando executivos e políticos envolvidos nessa política de Estado e divulgando suas informações pessoais. É importante lembrar que tais informações já se encontravam disponíveis publicamente, e portanto estas ações não configuram nenhum tipo de ato criminoso por parte do grupo em questão.

Ao tomar conhecimento através da imprensa holandesa de que o sítio disponibilizava informações pessoais, e que isto não agradava as pessoas cuja as informações estavam sendo divulgadas o Saravá se prontificou a tomar uma atitude e retirou o conteúdo do ar. Ao mesmo tempo, a reitoria da Unicamp decidiu resolver o problema da forma mais inadequada possível: sem entrar em contato com o coletivo Saravá, ou com algum dos grupos de pesquisa hospedados, a reitoria repassou as denúncias para a polícia, ao mesmo tempo em que ordenou o desligamento da máquina. Por conta desta última arbitrariedade não ter passado pela diretoria do IFCH, o Saravá conseguiu religar seu servidor, podendo assim apagar o referido sítio e continuar suas atividades sem maiores problemas.

O inquérito policial prosseguiu e, após alguns dias, o servidor foi apreendido sem mandado judicial e com a conivência da Procuradoria da Unicamp. Posteriormente, a máquina foi encaminhada à perícia criminalística para a averiguação da existência das tais informações pessoais.

Essas atitudes da Reitoria da Unicamp conflitam inclusive com a posição do Governo Brasileiro com relação às políticas anti-imigração adotadas nos estados europeus. A recém-aprovada Diretiva do Retorno, que consiste num conjunto de medidas visando agilizar o processo de detenção, classificação e deportação de imigrantes considerados como ilegais, foi recebida com severas críticas por importantes autoridades brasileiras, que ressaltaram o papel histórico do Brasil em aceitar imigrantes de todo o mundo.

A internet, assim como as fronteiras dos países, está caminhando para uma perspectiva sombria de controle indiscriminado. Não podemos deixar que a Universidade, local para a livre circulação de idéias, adote as mesmas medidas fascistas e draconianas contra a liberdade de expressão e o direito de ir e vir. O controle de fluxos humanos e informacionais estão igualmente sendo vítimas de políticas totalitárias.

Por conta de um único sítio, todo um servidor foi retirado do ar, como se toda uma biblioteca fosse lacrada por causa de um único livro. O Saravá não concorda com a exposição de dados pessoais de quem quer que seja mas não deixa de considerar que a questão da imigração deva ser debatida e ter visibilidade em toda a sociedade e principalmente no âmbito da academia. No tempo da escravidão, o abolicionismo era perseguido, algo que hoje seria inaceitável.

Várias pesquisas estão interrompidas por conta da ausência do servidor e centenas de pessoas se encontram impossibilitas de acessar suas próprias publicações. A cada dia que o servidor permanece sob custódia aumentam os prejuízos para sua comunidade de usuários/as e para os estudos em andamento.

Consideramos que as atitudes tomadas pela Reitoria da Unicamp ferem a autonomia universitária pois transformam a liberdade de pesquisa em caso de polícia.

Após toda essa confusão, a Reitoria da Unicamp reconheceu a importância e a legitimidade do nosso grupo de pesquisa e dos sítios por nós abrigados e seus conteúdos, e se dispôs a nos fornecer uma máquina temporária para a continuidade das atividades, o que nos ajudaria por hora mas infelizmente esta iniciativa não resolverá completamente o problema, pois o conteúdo dos sítios está seqüestrado para fins de análise forense nos impossibilitando a volta nos mesmos ao ar, já que nossas cópias de backup encontram-se dentro do mesmo servidor.

Tem sido de grande importância todo o apoio que recebemos dentro e fora da Unicamp, não só da comunidade acadêmica, que não tem feito vistas grossas para esses acontecimentos, mas também dos grupos e movimentos que se encontram com suas pesquisas e atividades congeladas até este momento.

Esperamos obter o mais breve possível o nosso conteúdo, de forma que os grupos que compartilham de nossa ferramenta possam retomar os seus trabalhos o quanto antes.

É fundamental a garantia de que a universidade pública se manterá antes de tudo zelosa por aquilo que abriga: a liberdade de pesquisa dentro dos parâmetros éticos e a garantia da não-interferência da polícia na resolução dos seus problemas internos. Exigimos o retorno do servidor apreendido.

São Paulo, Outubro de 2008
Grupo Saravá