quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Carnaval no rádio

O Grupo Bandeirantes de Rádio está amplamente mobilizado para a cobertura deste Carnaval. Acompanhe na seqüência o esquema de três de suas emissoras:

Rádio Bandeirantes
A Rádio Bandeirantes cai na folia paulistana e transmite ao vivo os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial. Os jornalistas André Russo e Ronald Gimenez comandam a transmissão sexta e sábado a partir das 23h, com comentários do cantor e compositor Denílson Benevides. Na terça-feira à tarde, a emissora transmite ao vivo a apuração que definirá a escola campeã.

BandNews FM
Na sexta e no sábado, a BandNews FM transmite os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo. A partir das 22h, Sheila Magalhães ancora a transmissão, que terá comentários do carnavalesco Luis Carlos Peri e de Nelson Crecibeni Filho, especialista em história do Carnaval. No domingo e na segunda-feira, a emissora transmite os desfiles das escolas do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Sheila Magalhães e Rodolfo Schneider comandam a transmissão a partir das 21h com comentários de Bruno Filippo, coordenador do Instituto do Carnaval e Jaime Cesário, carnavalesco da Mangueira.

Band FM
Durante todos os dias do Carnaval, a Band FM leva ao ar o quadro “Dicas de Carnaval” com informações para quem quer cair na folia ou fugir dela em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife. A emissora terá flashes ao vivo ao longo da programação direto dessas cidades. No sábado e no domingo, o programa “Micareta Axé Band” será transmitido direto de Salvador trazendo a cobertura completa do carnaval baiano.


Comentário: Nunca vi nada mais anti-rádio do que o desfile da escolas de samba, que é um espetáculo amplamente visual. Apesar de todo poder descritivo dos profissionais envolvidos na cobertura, nem mesmo mil palavras irão conseguir transmitir o ouvinte o que acontece na avenida: a beleza das escolas, a empolgação da torcida, entre outras coisas.

Esse tipo de transmissão só funciona naquele velho esquema: abaixe o som da televisão e aumente o som do rádio.

*

Tem gente que gosta de aproveitar essa época do ano para assistir a filmes. Deixo aqui a dica de um que além de divertir, faz pensar: Clube da Luta.



Eu costumo gostar de obras que deixam margem a vários tipos de intrepretações, que não tentam passar enfiar apenas uma mensagem goela abaixo a quem está vendo/ouvindo/lendo. Qualquer análise a ser feita sobre Clube da Luta não está de todo errada. O filme pode ser tanto uma ácida crítica à sociedade de consumo, como pode ter um quê de homoerotismo, ou mesmo ainda ser um tratado sobre a esquizofrenia (e alías, essa é a minha leitura preferida sobre o filme). Bom carnaval a todos.

8 comentários:

Marcos Lauro disse...

Pô, Rodney, foi citar justo esse filme? Chato pacas, hein! hahah

Anônimo disse...

Gostaria de saber se este é ainda um site sobre rádio. Entrei aqui querendo ler notícias e opiniões sobre rádio e agora vejo textos sobre filmes velhos e de péssimo gosto por sinal? O que isso tem a ver com rádio? Se eu quiser saber sobre cinema, existem dezenas de outros sites para tal. Sobre rádio, não. Achei que fosse só esse. Mas parece que me enganei redondamente.

José Ramos Coelho
São Paulo - SP

Rodney Brocanelli disse...

Esse é o grande Zé Ramos que nunca decepciona. Acho que você tem muito a ver com o Tyler Durden, personagem principal de Clube da Luta :D

Marco Ribeiro disse...

Também não entendi nada. Qual a relação entre esse filme pavoroso e a transmissão dos desfiles das escolas de samba no rádio. Será que eu perdi alguma coisa?

Eu acho que as emissoras tem que transmitir, sim, os desfiles. Trata-se de um evento cultural da cidade de suma importância. Faz parte da vida cultural da cidade, da mesma forma que o futebol faz parte da vida esportiva. Tanto é verdade que duas das grandes escolas tem ligações profundas com o maior time da cidade, que é o Corinthians.

Não entendi também porque é "anti-rádio". Ora, o desfile dura 60 minutos. Uma partida de futebol, 90. E ninguém diz que jogo é "anti-rádio". Só não tem a importância que muitos dão a ela como evento, perto de outros assuntos que o rádio aborda. Só isso.

Além do mais, geralmente, a transmissão e principalmente a apuração dos desfiles ficam a cargo das equipes de esportes da emissora, provando que carnaval e futebol tem tudo a ver, não é verdade?

Até pelo fato de ter transmissão quase todos os dias e muitas emissoras transmitindo e de ser economicamente viável é que o o futebol virou até um programa tão corriqueiro quanto a situação do trânsito ou a previsão do tempo, ou os programas de fofocas da tv, de música pop. Então é legítimo que o rádio se ocupe do reinado momesco ao menos no carnaval, não é mesmo?

Marco Ribeiro disse...

Ah, deixo aqui as minhas dicas: se for ouvir, ouça pela Jovem Pan porque o Joseval Peixoto e Paulo Pontes entendem TUDO DE CARNAVAL, sem brincadeiras.

A outra opção é ouvir a Rádio USP, que transmitirá os desfiles sob o comando do meu amigo Moisés da Rocha, que não só entende tudo do assunto como também tem o melhor programa de samba de São Paulo: O SAMBA PEDE PASSAGEM!!!

Luciano Almeida disse...

Boas, dicas de carnaval, pessoal. Gostei delas. Só não entendi ainda o que esse filme aí tem a ver com os desfiles da escola de samba. Ou será que vocês estão nos querendo chamar de idiotas? Por favor, expliquem.

Anônimo disse...

Sou estudante de RTV e sempre acompanho o blog de vocês. Achei interessante a dica de cinema. Não é todo mundo que gosta de carnaval, não é mesmo. Se alguém tiver alguma dica melhor que deixe por aqui.


Keila

Marcos Lauro disse...

Boa, Keila. Ponto para as mulheres.