CBN demite Ethevaldo Siqueira e expõe ainda mais a crise no Sistema Globo de Rádio

Ethevaldo Siqueira, no estúdio da CBN São Paulo, em janeiro de 2017 (Foto: Gabriela Gonçalves / Divulgação / CBN)

Às vésperas de estrear uma nova programação em sua emissora do segmento popular, o Sistema Globo de Rádio promove mais uma demissão nos quadros de sua rádio jornalística - a CBN. Desta vez, a vítima foi o colunista Ethevaldo Siqueira, titular da coluna "Mundo Digital" , que também é o nome do portal que o jornalista mantém na internet.

Ethevaldo Siqueira está no jornalismo há mais de 50 anos, sempre cobrindo a área de tecnologia e telecomunicações. Salvo engano é o mais antigo profissional de imprensa a atuar neste setor e que está ainda em atividade. É curioso que sua demissão aconteça precisamente no momento em que a CBN contratou alguns nomes da Band News FM - sua concorrente direta - para supostamente ajudar a "renovar" a programação, na visão da direção da casa.

Será que a atual direção da emissora considerava Siqueira "obsoleto e ultrapassado", para usar dois jargões comuns do mundo tecnológico? Se a resposta for afirmativa - tomara que não - creio que os novos gestores do SGR fizeram outra grande tolice, mais uma entre as já citadas aqui em postagens anteriores. Dispensando alguém com tamanho conhecimento em tecnologia e, consequentemente, em radiodifusão, tenho absoluta certeza de que o experiente jornalista, se quiser, provará com toda a competência que possui, que a CBN perdeu e muito com a sua saída é esperar para ver (e ouvir).

Não sei quais são seus planos futuros. Porém, me arrisco a especular que não me surpreenderei se Siqueira começa a produzir conteúdo radiofônico nas ondas da internet, tal qual já faz em seu portal.
Resta saber se o Sistema Globo de Rádio conseguirá sairá desta crise em que, em vez de chamar seus colaboradores mais antigos e dedicados simplesmente resolve demiti-los, como se eles fossem a causa de todos os males. Justo eles que foram a chave para que as emissoras do Grupo Globo não tivessem ido à "bancarrota", sendo arrendados para alguma denominação religiosa qualquer? Ao que parece, nuvens negras continuarão a rondar por muito tempo as rádio Globo e CBN.

Saiba mais sobre a demissão de Ethevaldo Siqueira da CBN, acessando este link.

Comentários