Zeca Baleiro e Emicida se apresentam na Virada da Piracicaba

Zeca Baleiro sobe ao palco do Engenho no show da Virada - (Rama de Oliveira/Divulgação)

Palco da Virada Cultural Paulista há seis anos, Piracicaba dedica dois dias de sua agenda em maio para a música, as artes visuais, a dança, o cinema e a literatura. Em 2015, as atividades acontecem das 18h30 de sábado, 23, às 20h de domingo, 24, e são puxadas por nomes como A Banda Mais Bonita da Cidade, Bárbara Eugênia, Zeca Baleiro, Melody, Móveis Coloniais de Acaju e Emicida. Todas as ações possuem entrada gratuita.

Realizada há nove anos pelo Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria de Estado da Cultura, a Virada tem como correalizadora a Prefeitura do Município de Piracicaba e a Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), com execução da Apaa (Associação Paulista dos Amigos da Arte). São parceiros o Sesc-SP, o MIS (Museu da Imagem e do Som) e a Rádio Educativa FM. O aplicativo Rdio é o player oficial. A Virada acontece ainda nos dias 30 e 31 de maio em outros municípios. Ao todo, são 24 cidades participantes nos dois fins de semana.

A Secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese, explica que a Prefeitura de Piracicaba, desde 2010, trabalha por meses a fio para oferecer uma gama vasta e diversificada de atividades nos dois dias do evento. “A Virada é um convite para que as pessoas redescubram a cidade por meio da cultura, uma oportunidade para celebrar as diferentes manifestações artísticas. É um evento para toda a família, que contempla jovens, crianças e também a terceira idade.”

O Engenho Central permanece como local de maior concentração do público e dos megashows. Para o Palco Externo 1 se apresentam no sábado, 23, Hot Club de Piracicaba, às 19h30; A Banda Mais Bonita da Cidade, às 21h; Bárbara Eugênia, às 22h30; e Zeca Baleiro, às 23h59. No domingo, 24, cantam Melody, às 15h30; Móveis Coloniais de Acaju, às 17h; e Emicida, às 18h30.

Comentários