Antonio Peticov é o convidado do Provocações, da TV Cultura

Antônio Abujamra recebe o artista plástico Antonio Peticov no Provocações da próxima terça-feira (3/2). A edição vai ao ar às 23h30, na TV Cultura.

Considerado o “Chacrinha” dos pincéis graças ao seu arco-íris de criatividade, Peticov tem história nos movimentos artísticos de vanguarda. Em 1960, ajudou a lançar a banda Os Mutantes, com Rita Lee, Sérgio Dias e Arnaldo Batista. Ele, que se define pé no chão, já foi chamado de psicodélico, tropicalista e subversivo. “Eu sou racional, sou cético, faço parte de vários grupos de racionalistas, sou contra qualquer tipo de superstição. Mas o mágico é o mágico, o fantástico é o fantástico”.

Ao ser questionado sobre o mercado das artes, Peticov afirma que esse universo é um desastre. “São grandes galeristas que manipulam e querem produtos de fácil circulação”. Ele admite que seu problema nesse nicho é não ter produto para atender a procura, que costuma ser maior do que sua oferta.

A educação no Brasil é tema de desencanto para ele. “Não querem que as pessoas se eduquem, aprendam e abram os olhos. É uma pena. Eu sou apaixonado pela nossa cultura”. A passagem de Peticov pela casa de detenção do Carandiru, em 1970, por porte e tráfico de LSD, recebe uma explicação do artista: “Apareceu na minha mão uma quantidade grande de ácido lisérgico. Eu tive que distribuir essa felicidade. Eu acho que foi, talvez, a invenção mais importante do século 20”.

Comentários