quinta-feira, 4 de março de 2010

Leo Madeira estreia o Red Bull Music Academy Radio


Depois de 10 países, o Brasil ganha hoje a sua versão do Red Bull Music Academy Radio, projeto da marca de energéticos que teve início na Alemanha, em 1989. A atração brazuca conta com a apresentação do VJ da MTV, Leo Madeira.

O programa promete trazer novidades da cena indie, hip hop, eletrônico e rock. No exterior, o programa já contempla encontros, shows e workshops com músicos locais.

O Red Bull Music Academy Radio será semanal, com transmissão pela rede Oi FM nas cidades de São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Santos, Rio de Janeiro, Vitória, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre e Recife, além do www.oifm.com.br. Mais informações em www.redbull.com.br.

Red Bull Music Academy Radio
Oi FM
Estreia hoje, 4 de de março, 22h

3 comentários:

RÁDIO BASE URGENTE disse...

Primeiro é curioso notar o caso da OI FM. Virou a Tv cultura das rádios: muitos a elogiam por sua ótima programação, mas as pesquisas de audiência dizem que ela é a menos ouvida de São Paulo. O que será que rola, hein?
Quanto a contratar mais um "astro" da Tv, só tenho a lamentar. Por melhor que o cara seja, sempre fica a impressão que qualquer um pode fazer rádio. Isso não ajuda em nada a imagem do veículo, Lamentável.

Eduardo Coelho disse...

isso sem contar q a dicção do cara é horrivel...ele fala pra dentro, não consigo entender quase nada do que ele fala

Alessandro disse...

Bom, com um nome de programa como esse, não se espera uma audiência numerosa. Mas aí fica uma dúvida, se a OI quer vender chips e novas linhas e o energético RED BULL quer vender mais bebidas, como podem ser tão alheias ao que o publico gostaria de ouvir, sem pesqisa alguma. Por que essa rádio, que tem programação bem feitinha, é chatérrima de se ouvir por mais de 10 minutos, bem como um programa com nome dificil como esse (ingles não é a lingua oficial do Brasil e a maioria dos ouvintes não sabem falar inglês) não irá prosperar nunca. Ao chamar uma "estrela" da tv fechada, convenhamos, certamente audiência não é a meta da empresa. OI FM é uma coisa, que não aposto que durará muito tempo.