segunda-feira, 7 de julho de 2008

O quinto sinal - Fim do mistério

No dia 2 de novembro de 2007, o Marco Ribeiro escreveu sobre o quinto sinal da Bandeirantes e deixou no ar algumas perguntas sobre a origem e como funciona o dispositivo.

Dias depois, o leitor Silvio (de sobrenome não revelado) disse que perguntou para o pessoal da técnica numa visita em 2002, mas não teve uma resposta lá muito esclarecedora.

Eis que agora, Haisem Abaki, apresentador do jornal matutino Primeira Hora, nos dá uma luz sobre o segredo da pontualidade do quinto sinal:

"O quinto sinal é um dispositivo eletrônico sincronizado com o horário oficial (GMT) de Brasília. Ele chega via satélite e é disparado para uma espécie de temporizador, que o coloca no ar".

Pois é! Eu notei que o quinto sinal é exatamente sincronizado com o relógio do meu celular, que segue o horário da rede da operadora Vivo, e perguntei para o Haisem se ele podia me tirar essa curiosidade.

Está aí. É via satélite. Que chique.

2 comentários:

OdairMor™ disse...

Realmente interessante...

Também gostaria de saber sobre o "PLIM-PLOM" que toca por volta das 06:40hs dentro do Pulo do Gato.

O que ele sinaliza? porquê não tem um horário fixo?
É algum sinal pra junção ou desmembramento de rede?

Ah! Parabéns pelo Blog.

Um abraço!

Aimore disse...

O PLIMPLOM é para a troca de transmissores de 50 kW à noite para 100 kW de dia.
De noite a onda avança mais de 1000 km por isso deve-se diminuir a potência para o mínimo, evitando heteródinos noscanais laterais e interferências com outras emissoras na mesma freqüência.
De dia, a onda é absorvida na ionosfera e o alcance fica restrito.