SescTV estreia a coreografia “Colônia Penal”, de Sandro Borelli

O espetáculo encena a opressão e a violência contra presos políticos, no dia 12, sexta, às 21h  (Foto: Alex Ribeiro/Visor Mágico)

Sandro Borelli se baseou no livro Na Colônia Penal (1914), do escritor tcheco Franz Kafka (1883 – 1924), que aborda até que ponto pode chegar a crueldade aplicadas nas penas em regimes autoritários, para montar Colônia Penal, espetáculo encenado pela Cia. Carne Agonizante. Com direção para TV de Antonio Carlos Rebesco, a atração inédita, em versão editada para a televisão, será exibida no SescTV, na série Dança Contemporânea, no dia 12 de dezembro, sexta, às 21h. 
  
A coreografia mostra um homem sendo torturado enquanto outros riem, jogam cartas e bebem vinho em uma mesa no mesmo ambiente. Borelli, que também é responsável pela concepção e direção da coreografia, conta que já queria fazer o espetáculo há quatro anos. A estreia ocorreu em 2013. Ele acredita que esta dança é muito mais que uma obra de arte, porque transcende o tema e sugere ao espectador refletir sobre o assunto proposto. 



  
Amanda Santos, intérprete da Companhia Carne Agonizante, acha perfeito a coreografia ter sido baseada no ambiente kafkiano para revelar a crueldade de como foram feitas as torturas na ditadura militar no Brasil. Outro intérprete, Francisco Silvio, diz que o tema é muito difícil de abordar. “A gente não tem noção do que foi a ditadura, do que foi ter sido torturado nas mais terríveis fontes”, comenta.  Para ele, ler e ouvir é diferente de ter participado daquele momento. 

Serviço:  
Dança Contemporânea 
Colônia Penal, com a Companhia Carne Agonizante 
Estreia: 12 de dezembro, sexta, às 21h 
Reapresentações: dia 13, às 2h; dia 14, às 5h; e dia 18, às 4h. 
Classificação indicativa: Livre 
Direção para TV: Antonio Carlos Rebesco 
Produção: Pipoca Cine Vídeo 

Para sintonizar o SescTV: 
Canal 138, da Oi TV 
Ou consulte sua operadora 
Assista também online em sesctv.org.br/aovivo 
Siga o SescTV no twitter: http://twitter.com/sesctv 
E no facebook: http: facebook.com/sesctv 

Comentários