quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Playground no lugar da ex-Brasil 2000 FM?

Sou um crítico ferrenho dos sites que cobrem o rádio. Acho que muitos deles trazem muito oba-oba e pouca informação. Além disso, muitos deles são tocados por radialistas e estes por medo de se queimarem no futuro com os possíveis patrões, deixam o espírito crítico de lado. É claro que existem exceções, mas são apenas exceções.

Depois dessa introdução, devo dizer que os sites de rádio publicaram nos últimos dias que a ex-Brasil 2000 daria lugar a uma emissora voltada ao público infantil, intitulada Playground FM. A estréia está marcada para o próximo dia 25 de janeiro.

Deve-se lembrar que não é a primeira notícia envolvendo a freqüência dos 107,3Mhz. Em outras épocas, já se falou que a mesma seria cedida, através de acordo comercial, permuta ou o que seja, ao Grupo Bandeirantes, à Transamérica e até mesmo à MTV (por falar nisso, que fim levou a história da Rádio MTV?)Em nenhum dos três casos, a notícia se confirmou, seja porque não houve acordo ou porque a negociação nunca existiu.

Antes de se falar qualquer coisa sobre a tal Playground FM nos 107,3Mhz, o jeito é esperar. Vale dizer que para o lançamento de um projeto desse porte, é necessário ampla divulgação, caso contrário ninguém vai saber que ele existe. E as pessoas que estão por trás desse projeto vieram do mercado publicitário: Fabio Sgarbi e Celso Vergeiro. Ambos devem saber muitíssimo bem que propaganda ainda é a alma do negócio.

6 comentários:

Adriano disse...

Rodney...
Estou contigo e não abro. Parece que esse povo que vive escrevendo sobre o meio rádio anda plantando notícia falsa. Para um projeto audacioso como este precisa de muita divulgação (e bota divulgação nisso).
Além disso, acredito que um projeto desse tipo não seria tão viável para esse público. De qual faixa etaria estariamos falando? Creio que para qualquer que seja eles apreciam mais imagem do apenas ouvir algo. Se falarmos de música nada melhor do que os vídeos do HI-5 e Cocoricó para entreter e animar a criançada.

Finalizo meu comentário afirmando que sou fã incondicional do seu Blog.

Parabéns e continuem com esse sucesso.

Abraços

Adriano disse...

Rodney...
Estou contigo e não abro. Parece que esse povo que vive escrevendo sobre o meio rádio anda plantando notícia falsa. Para um projeto audacioso como este precisa de muita divulgação (e bota divulgação nisso).
Além disso, acredito que um projeto desse tipo não seria tão viável para esse público. De qual faixa etaria estariamos falando? Creio que para qualquer que seja eles apreciam mais imagem do apenas ouvir algo. Se falarmos de música nada melhor do que os vídeos do HI-5 e Cocoricó para entreter e animar a criançada.

Finalizo meu comentário afirmando que sou fã incondicional do seu Blog.

Parabéns e continuem com esse sucesso.

Abraços

Adriano disse...

Prezados...
Desejo retificar o que escrevi acima. Quando mencionei "plantando notícia falsa" queria dizer que escrevem assuntos sem avaliar a fonte e a veracidade da notícia.
Pelo perdoem pelo erro cometido. Fazer uma crítica construtiva era a minha intenção.

Abraços

Marcos Lauro disse...

Bom, dia 26 de janeiro, 1h15 da madruga e ouço ZYM673, uma emissora da Fundação Brasil 2000.

Ou seja, nada acontece.

Fernanda Lima disse...

É, vocês tem razão: muitos desses sites sobre rádio,são tocados por radialistas que tem medo de se 'queimar' no futuro...
Sou colunista do site 'TudoRadio', tenho liberdade p/ escrever o que quiser.Todas as notícias (ou boatos) que recebemos,nós checamos na medida do possível. Nem tudo é possível checar por um motivo muito simples: as rádios são como dizia Marcelo Nova: "Muita estrela p/ pouca constelação", ou seja; as rádios tem um sério problema em não manter Relações Públicas ou Assessores para desmentir ou confirmar notícias e isso p/ nós é uma dificuldade sem tamanho, então trabalhamos da forma que dá.Já é muito o fato de existirem sites e blog´s como este, que conta um pouco (ou nada) do que acontece em rádio, assim como li em outro'post' onde nós, radialistas somos desunidos...somos mesmo.Todo mundo tem medo de perder o seu banquinho e ter que sair de mansinho.
Medo de se quimar? hummm, tem muita rádio aí que eu não passo nem na porta,nem por isso tenho medo de dizer oque penso...e quando isso acontece, vc paga um preço: seja estar fora de rádio, ou seja queimar o seu filme.O que não dá é ficar calado vendo sindicatos serem capachos de rádios e TV, e ver um monte de radialista fazendo média p/ se dar bem.Se fosse assim, todo mundo estaria trabalhando...e o rádio estaria muito bem, obrigado porém, isso não acontece.Já foi o tempo em que rádio (pelo em SP) fazia a diferença, hoje é sempre mais do mesmo.
Quanto a Playground FM, deve ser mais uma 'barriga' como se diz em jornalismo, ou seja: as coisas continuarão como sempre foram.É Brasil 2000 e ponto final.

Anônimo disse...

Amigos.

Conheço as pessoas que estão envolvidas no projeto Playground FM e eles não estão de brincadeira.
Aguardem e vocês ouvirão.

Abs,
Gustavo