sábado, 13 de outubro de 2007

Os trinta anos da Rádio Globo

Esta semana a Rádio Globo de São Paulo (AM 1.100 kHz) está comemorando 30 anos ininterruptos de transmissões esportivas. No dia 2 de outubro de 1977, estreava na partida São Paulo 1 x 2 Corinthians, a equipe esportiva do "Pai da Matéria", o inovador Osmar Santos. A partida derradeira deste campeonato foi disputada em 13 de outubro, e tirou o Corinthians de um jejum de 23 anos sem título. E Osmar Santos estava lá, levantando a torcida e a audiência da emissora.

Dono de uma linguagem toda própria, o jovem locutor veio de jornada vitoriosa de 5 anos na Rádio Jovem Pan - SP (AM 620 kHz), e estava agora cercado de uma equipe escolhida a dedo, com a infra-estrutura da Globo que estava chegando a São Paulo de verdade, pois até então, a emissora chamava-se Rádio Nacional de São Paulo, que pertenceu às organizações Victor Costa, mas já estava nas mãos da Globo há algum tempo.

Na equipe estavam Oswaldo Maciel (hoje na Transamérica de São Paulo FM 100,1 MHz), Reinaldo Costa (na Eldorado/ESPN AM 700 kHz) também na narração, com uma rápida participação de Oscar Ulisses, que logo foi contratado pela Rádio Bandeirantes para integrar a Equipe Verde-Amarela (Norte/Sul do Brasil) de Fiori Gigliotti. Os comentaristas eram Loureiro Jr. e Carlos Aymar (que já fazia parte da Nacional, porém a emissora não transmitia futebol desde o início dos anos 70).

Os repórteres eram: Fausto Silva (vindo da Jovem Pan com Osmar), Roberto Carmona e Henrique Guilherme (que também já estavam na Nacional), dentre outros. Com a chegada de Osmar Santos, a emissora passou a chamar Globo-Nacional, e no início de 1978 somente Globo. Outro destaque é Edson Scatamachia, que na produção da Equipe, criou o programa "Globo Esportivo", substituindo o então "Nacional nos Esportes". O "Globo Esportivo" continua no ar com o mesmo formato, e o mesmo BG (música de fundo) de 30 anos atrás.

Outro legado deixado pela Equipe de Osmar Santos, foi o programa "Balancê", transmitido pela Rádio Excelsior (atual CBN AM 780 kHz), inicialmente em estúdio e depois ao vivo no teatro, onde "sem querer" deu vida ao saudoso "Perdidos na Noite", em razão de ter o mesmo apresentador: Fausto Silva.

*Sobre o programa de TV “Perdidos na Noite", ele surgiu na TV Gazeta, foi para a TV Record e por último passou pela TV Bandeirantes.

Fonte: Bastidores do rádio

2 comentários:

rodineisilveira disse...

Antes da Globo AM-SP entrar de cara nas transmissões esportivas em outubro de 77, a Globo AM-SP, quando se chamava Nacional AM-SP, chegou a fazer transmissões esportivas até 74. E a última cobertura esportiva (mais precisamente no futebol) que a então Nacional AM-SP fez, foi a Copa de 74 (sediada na Alemanha).
Não podemos nos esquecer que o Roberto Carmona está atualmente na Transamérica FM (São Paulo, 100,1 MHz).

Mario BOL PESQUISATOP disse...

Se esqueceram de MÁRIO MORAES !!! Uma lenda ...