domingo, 3 de junho de 2018

Conheça a história da Rádio Nacional AM de Brasília que completa 60 anos no ar


Criada em 1958 com a a finalidade de apoiar a construção de Brasília e servir como meio de comunicação para os trabalhadores que estavam construindo a nova cidade, a Rádio Nacional de Brasília completa 60 anos no dia 31 de maio. Durante essas seis décadas, a história da emissora se confunde com a história do Brasil e da capital federal.

A Rádio noticiou em primeira mão, uma série de fatos importantes que marcaram o país, como a tomada de poder pelo Golpe Militar em 1964, a volta à democracia, as notícias da Constituinte, entre tantos outros. De lá para cá, a informação é a marca registrada da emissora, assim como, a prestação de serviços de utilidade pública. Recentemente, inaugurou uma nova fase do seu radiojornalismo, com entrevistas e análises.

Durante todos esses anos, programas famosos se consolidaram ao longo da programação da rádio. No ar desde 1986, o Revista Brasil tem como foco a notícia e foi concebido para mudar a forma de fazer rádio no Brasil. Já o Viva Maria é referência na luta pelos direitos das mulheres há mais de 30 anos. As crianças também tem espaço cativo na programação da Rádio Nacional, atualmente por meio do programa Mambembeiro, que explora a arte circense e o artista de rua. E a cobertura esportiva é um dos destaques da rádio, que coleciona transmissões marcantes como Copa das Confederações, Olimpíada, Copa do Mundo, além de campeonatos estaduais e brasileiro.

Mas nem só de informação e esporte é feita a programação da emissora. Por meio das ondas da Nacional, muitas histórias e vidas se cruzaram. Famílias se reencontraram e casais foram formados. São muitos encontros de amor promovidos pela Rádio.


Para que todo o conteúdo seja produzido e veiculado com qualidade, cerca de 125 pessoas fazem a Rádio Nacional todos os dias. Jornalistas, produtores, editores, locutores, operadores, apresentadores, programadores musicais e sonoplastas se dedicam diariamente a levar informação de qualidade aos ouvintes. Conheça um pouco da história de quem bota no ar a voz que você ouve. Desse total, as mulheres representam aproximadamente 67,2% da força de trabalho da Rádio Nacional e assumiram funções anteriormente ocupadas apenas por homens, como na área de operação de áudio. (Agência Brasil)

Ouça a reportagem sobre os 60 anos da Rádio Nacional de Brasília em podcast - http://bit.ly/2J8XJ4Y

Nenhum comentário: