Lançada biografia autorizada do Iron Maiden no Brasil

Livro revela bastidores de uma das bandas mais populares do rock internacional
O Iron Maiden não precisa de referências quando suas capacidades musicais são colocadas à mesa. Todo seu sucesso, sua legião de fãs e a qualidade de seus discos ao longo dos anos estão claramente expostos nos mais de 85 milhões de cópias vendidas em todo mundo. E a publicação da Editora Évora, por meio do selo Generale, “Iron Maiden – Run to the hills: A biografia autorizada”, escrita pelo jornalista britânico especializado em astros do rock, Mick Wall, acompanha esse sucesso.
                              
Rico em detalhes que resgatam momentos desconhecidos da história, o livro aborda  as várias formações da banda e traça um perfil de cada integrante em capítulos individuais. A obra traz curiosidades sobre a trajetória da banda britânica que conquista os fãs de Heavy Metal desde 1975; como o álbum inspirado na Copa do Mundo da França em junho de 1998, a tendência das bandas de Heavy Metal Britânico no final dos anos 70 em um movimento nomeado “Nwobhm” (Nova Onda Do Heavy Metal Britânico, em inglês) liderado pelo Iron Maiden e a história de Eddie, a caveira que estampa todas as artes gráficas e shows da banda.

O autor entrevistou os antigos e atuais membros da equipe, além de empresários e agentes que, segundo ele, são uma equipe de profissionais que conseguiu manter o grupo unido por tantos anos e transformou uma banda de garagem em uma indústria multimilionária. “Qualquer um que espere um resumo passo a passo de quem toca qual instrumento e em qual faixa, irá se desapontar amargamente”, descreve Wall. Ele frisa também a importância de apurar os bastidores para compor essa biografia: “não importa o quanto se é talentoso, você ainda precisa de um empurrão vindo de algum lugar. Pela primeira vez, este livro fala com quem dá o empurrão”. 

A obra conta, ainda, com o prefácio de Steve Harris, fundador da banda e o único integrante a permanecer na equipe desde a primeira formação.

Comentários