sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Emissoras enfrentam problemas no Palestra Itália

As fortes chuvas que caem em São Paulo prejudicaram várias emissoras de rádio que se fizeram presente ao Palestra Itália para a cobertura da peleja entre Palmeiras e Portuguesa. A falta de luz fez com que muitas delas não pudessem transmitir da partir do estádio, como Jovem Pan e Capital. Quem se deu mais ou menos bem foram as possuiam gerador próprio, como a Rádio Bandeirantes. No player abaixo, o narrador José Silvério chama a atenção para o fato e pergunta ao comentarista Mauro Beting se a luz já tinha voltado.



Contudo, nem o gerador de energia aguentou. A Bandeirantes também ficou sem falar desde o Palestra Itália. O jeito foi improvisar, e o também narrador Eduardo Vaz, do canal Band Sports, teve que fazer um tubão do estúdio, com a ajuda de Estevam Ciccone.



Como a energia das cercanias do estádio não voltou, o jeito foi voltar a fazer rádio como nos velhos tempos. José Silvério retomou a transmissão, desta vez por telefone.



E assim foi até o final da partida. Ouçam abaixo o encerramento da mais improvisada jornada esportiva dos últimos tempos

4 comentários:

Anônimo disse...

Estranho... Você esqueceu de mencioanr apenas a líder de audiência e que por sinal, foi a única que transmitiu o jogo inteiro. Quem estava nos 1100 da Rádio Globo pôde acompanhar Silva Jr. transmitir o 1 a 1 por inteiro.

Marco Ribeiro disse...

Ué, está reclamando do que? Não são os inveterados amantes do futebol que dizem que a Jovem Pan faz "birrinha" com a TV Globo e os "dirigentes" do nosso excelso esporte bretão? Taí o resultado, né? Jogo às 17h, em pleno horário do rush e da chuva. E o gerador pifa e algumas emissoras de rádio ficam "no escuro". E caladas, né? Deixa a Jovem Pan protestar e levar a fama de chata.... Afinal, futebol é assim mesmo, não vai mudar pra melhor nunca. Não é mesmo, "amantes do futebol"?

Rodney Brocanelli disse...

Não pude ouvir a Jovem Pan no dia, mas acho que se ela mantiver a coerência vai dizer que é melhor uma partida começar as 17h que as 22h.

E por vias tortas, até que foi interessante a partida entre Palmeiras e Portuguesa começar nesse horário. Não houve prejuízos com a falta de luz. Se a disputa tivesse sido marcada para mais tarde, aí sim haveria um problema.

Marco Ribeiro disse...

Engraçado, quando uma rádio se manifesta por causa justas, há quem apareça para defender quem se omite e reclama por "besteiras", como estes mesmo insistem em chamar. Se for assim do que a Bandeirantes estava reclamando mesmo? Vem cá, ela não é a rádio que "tem opinião"? Ou será que pro esporte não vale este slogan porque a Band Tv transmite os jogos na tv e é bom não ficar reclamando, para não irritar os promotores do evento?