sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

CBN Manaus acusada de manipular informações

A CBN Manaus é acusada de manipular notícias e de persiguição pessoal.

Para entender o caso, vamos deixar aqui três links com textos para leitura:

-Aqui a reportagem que originou a história:
SEMSA vai investigar denúncia sobre médica que não cumpre horário de trabalho.

-Texto de Ismael Benigno Neto, publicado no Observatório da Imprensa criticando a postura da CBN Manaus na apuração da reportagem.

-Texto-resposta da dra. Bianca Abinader, citada na reportagem da CBN.

-Post no blog de Luis Nassif a respeito do caso, com os comentários dos leitores.

A história toda levanta uma bela discussão: qual é o tipo de controle que a cabeça de rede faz sobre suas afiliadas no que diz respeito a qualidade da informação que é produzida. No site que traz a reportagem não há qualquer menção a uma iniciativa de se ouvir o "outro lado", nesse caso, a dra. Bianca. Os comentários publicados são assinados em sua grande maioria por pseudônimos. Tudo isso está fora dos padrões adotados pelas emissoras próprias da CBN.

UPDATE (08.01 - 21h00) Com relação ao meu comentário anterior, acho que já tenho a minha resposta. Leia no post de Rodrigo Araújo:

CBN tá se lixando pra Manaus

E segundo Marcos Lauro, tem outro site acompanhandode perto esse rolo com a CBN, o do Danilo Egle.

6 comentários:

Marcos Lauro disse...

Estou aqui em Manaus, por um motivo pessoal, e mesmo antes de vir para cá já estava acompanhando esse rolo com a CBN local.

A emissora pertence a Ronaldo Tiradentes, dono também da Tiradentes FM, que é ex-político e abertamente aliado do atual prefeito, Amazonino Mendes.

Ontem mesmo comentei com um amigo daqui essa mesma dúvida do Rodney: e a Central Globo de Rádio? Qual o papel dela nessa história? É só uma empresa pagar a "mensalidade" que tem o direito de fazer parte da rede, sem nenhum tipo de regras quanto a seu posicionamento político?

Vale lembrar que tudo isso começou quando a médica encabeçou um movimento via Twitter, que seria algo inédito no Brasil: usuários dessa rede arrecadaram dinheiro para fazer dois outdores (o Kassab não chegou aqui ainda!) com os nomes dos vereadores que votaram a favor da Taxa do Lixo, medida que desagradou boa parte da população.

As primeiras a sofrerem represálias foram as empresas de outdoor. Como existe uma lei parecida com a paulistana "Cidade Limpa" (olha o Kassab vindo!) a ser votada, as empresas que topassem "publicar" o outdoor sentiriam o peso da lei.

A médica se afastou do movimento, até por questões de segurança, mas não teve jeito. E a história está aí, para todo mundo ler.

O grande problema é que a massa só conhece uma versão: a da CBN, uma das rádios mais ouvidas de Manaus - nas conversas, sempre tem um "ouvi na CBN". Por aqui, a internet talvez ainda não tenha esse poder de fortalecer uma discussão.

Anônimo disse...

O nome correto da empresa que controla as emissoras das Organizações Globo é Sistema Globo de Rádio, que pertence à holding Infoglobo, que também controla os jornais "O Globo" e "Extra", do Rio de Janeiro, além da Editora Globo.

Marco Antonio Ribeiro

Marcos Lauro disse...

Tem outro site acompanhandode perto esse rolo com a CBN, o do Danilo Egle: http://daniloegle.com.br/

Sérgio disse...

Isso me faz lembrar o porque do seo Tuta nunca quis montar uma rede All News tipo CBN ou Band News... medo de acontecer essas cagadas e estragar a marca Jovem Pan...

Marco Ribeiro disse...

Ora, Sérgio, se fosse tão simples montar uma rede de rádio no modelo CBN, você acha que o Seu Tuta já não o teria feito na década de 70, hein?

Me convenço cada vez mais de que rádio é um veículo de comunicação local.

Marcos Lauro disse...

Que "bela" resposta essa do Sr. Zallo, hein? Quanta responsabilidade pela rede...