Conta o santo, mas não conta o milagre

Duas coisas curiosas sobre o lançamento do "seu" Tuta, da Jovem Pan.

Bandeirantes, ontem, 9h50 - Salomão Esper citou o lançamento do livro do Tuta, mas não citou a Jovem Pan.

Jovem Pan, pntem, 21h19 - Durante a festa de lançamento do livro, um repórter da Pan entrevistou Rodrigo Hidalgo e Sandro Barboza, repórteres da Band.

Detalhe: o Salomão não disse que o "seu" Tuta é da Pan; o repórter da Pan também não falou que os entrevistados eram da TV Bandeirantes.

Era como se os ouvintes da Jovem Pan não conhecessem a Bandeirantes e vice-versa.

A propósito: o nome do livro é "Ninguém faz sucesso sozinho."

Comentários

Anônimo disse…
Será que o cabeção de Muzambinho foi convidado?
André Graziano disse…
Uma das presenças mais significativas na festa a de Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação. A Jovem Pan registrou no ar, durante a cobertura, e no site, aqui: http://bit.ly/xKSpa e aqui: http://bit.ly/x18u0


Abraço!!
Marcelo disse…
Concordo que para o ouvinte em geral, como foi colocado no post, soa ridículo, porque por mais que ele não aprecie a emissora que não foi citada, sabe que a informação veio incompleta. Mas eu diria que é aquela história que o colega de bancada de Esper costuma dizer: "um não quer colocar a azeitona na empada do outro"...