terça-feira, 13 de janeiro de 2009

O rádio que ninguém quer ouvir

Do blog do Cacau Menezes

O publicitário, especialista em rádio e TV e autor do livro Você Nunca Ouviu Nada Igual, Watson Zucco Weber, listou no boletim Caros Ouvintes 25 coisas insuportáveis do rádio brasileiro. Cacau transcreve algumas:

Repórter com celular falhando;
Entrevistas longas;
Rádio que trava na internet;
Emissora que imita outra;
Locutor que imita outro;
Música cortada;
Música ruim tocada mais de 10 vezes por dia;
Locutor chato, que fala demais;
Locutor estilo Sílvio Santos: “oiiiêahm…”;
Locutor que sorteia brindes para os amigos;
Locutor que manda abraço para família, ou “um beijo para minha esposa que está me ouvindo agora”;
Locutor que quer entrar de graça nos eventos;
Comercial há mais de três meses no ar.

---------------------------------------
Já li o livro do Watson e recomendo para quem está começando ou quer começar em rádio. Tem dicas valiosas...

3 comentários:

Anônimo disse...

Realmente música cortada dá nos nervos. Meu, pra que coloca a música se não dá pra rodar inteira?
Dependendo da entrevista, é bom pra pegar no sono. Em outros casos, me arrependi de ter fechado os olhos e perdi bons bate papos. LOcutor tem que falar o básico e pronto. Não pode ser do tipo "antena 1 que só fala a hora e a frequência" nem o que fala demais, atrasa tudo e corta a música no meio. Tem comerciais que podiam ainda estar no ar. Gostei muito, por exemplo, do que fala sobre o Museu do Futebol, com algumas imitações do Pelé. Esse é impagável, mas não está mais no ar!
WAGNER - MAUÁ -SP

RAFAEL BASTOS disse...

Falando em Antena 1,ela está cada dia pior de se ouvir.Até Amy não sei das quantas estão executando!Por isso que cada dia que passa,ela só cai na audiência!Saudade fm e Santa Cecília fm,ambas de Santos estão bem melhores de se ouvir!Ambas preservam o bom e velho flashback!

Marco Ribeiro disse...

Para se fazer rádio só se precisa de duas coisas: Imaginação, bom senso e inteligência.