segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Mais um pitaco sobre o fracasso do projeto de Rádio Digital no Brasil

Com o fracasso da introdução do rádio digital no Brasil, começa-se a questionar noveamente sobre o futuro do rádio AM no Brasil. Esperava-se que a introdução da nova tecnologia pudesse revitalizar a frequência. O quadro atual é preocupante. No eixo Rio-São Paulo, muitas emissoras disponibilizaram para aluguel vários de seus horários na grade de programação. Por outro lado, as estações de rádio que tem mais prestígio vem buscando frequencias no FM que retransmitam integralmente sua programação. Nos últimos anos, essa é uma tendência que veio ganhando corpo. A Rádio Gaúcha, de Porto Alegre, foi mais uma que conseguiu uma frequencia no FM, apenas para ficar neste exemplo.

Um comentário:

Marcelo Delfino disse...

Mais uma vez, os amigos da Rádio Base ignoram a realidade carioca. Por aqui, é o dial FM que entra em decadência irreversível, enquanto o rádio AM continua em franca expansão. Escrevi algo a respeito em http://br.geocities.com/radiorj2002/art05.html