Entrega do “Prêmio Espantaxim 2014” acontece em São Paulo


No próximo dia 25 de abril, as escolas e destaques  “III Concurso Nacional Literário Infantil” vão receber o o troféu “Prêmio Espantaxim 2014”. A terceira contou com1930 redações inscritas, além de mensagens recebidas de crianças de todas as regiões do país.

"De que maneira ela está presente em sua vida? Crie uma história ou descreva um momento musical feliz"  foi o tema desta edição, que teve como objetivo incentivar a escrita e a leitura, estimular a criatividade e a imaginação dos pequenos e despertar o interesse pela música. Participaram da ação crianças de 7 a 12 anos, de escolas públicas e privadas do país, que concorreram às categorias de redação e mensagem.

Os números desse ano foram bastante animadores, segundo a organização da premiação. Participaram da iniciativa crianças de mais de 70 escolas distribuídas por 13 Estados brasileiros. “Nosso objetivo é oferecer uma oportunidade para que pequenos escritores possam expor suas ideias. O Concurso do Prêmio Espantaxim acontece a cada dois anos e é uma contribuição à educação infantil”, afirma a autora e escritora Dulce Auriemo, idealizadora do Projeto Espantaxim.

O Concurso teve 26 vencedores e outros 5 destaques, distribuídos nas categorias mensagem, redação e poesia, que se juntaram aos demais estudantes selecionados pela comissão julgadora, totalizando 185 trabalhos. Todo o material selecionado já faz parte da "III Antologia Espantaxim e o Castelinho Mágico – Música 2014", na qual estão publicados os textos originais e digitados dos vencedores e selecionados, sem alterar o conteúdo da obra.

Este ano, a entrega dos troféus e prêmios será realizada no Museu de Arte de São Paulo, na Avenida Paulista. A cerimônia acontecerá às 15h e contará com a presença da escritora Dulce Auriemo, idealizadora do projeto, do convidado especial pianista Amilton Godoy e dos personagens da Turminha do Espantaxim. O evento será aberto apenas para os participantes do concurso, seus familiares e amigos, parceiros e imprensa.

Comentários