Noiva largada no altar vende tudo, viaja pelo mundo e vira escritora


Após ser abandonada no altar depois de um longo relacionamento, Katy Colins decidiu largar tudo e perseguir um sonho de infância. Para isso, ela pediu demissão, vendeu casa, carro e "tudo o que não caberia em uma mala" a fim de viajar o mundo e tornar-se uma escritora publicada.


Ao Liverpool Echo, a britânica de 30 anos contou como comprar uma passagem só de ida para a Tailândia - de onde viajou para a Índia e Nepal - mudou sua vida.

"Todos pensaram que eu estava meio louca, porque eu nunca tinha viajado sozinha, mas isso me pareceu o certo a fazer", conta ela. "Eu precisava de um tempo longe de tudo e de todos para me encontrar".

Katy afirma que sempre desejou escrever um livro, por isso criou um blog para documentar a viagem e começou a ganhar leitores. "Eu recebi mensagens de homens e mulheres dizendo que meu blog era uma inspiração", relembra a britânica, que é formada em Jornalismo e trabalhava em um cargo de relações públicas no aeroporto de Manchester (Inglaterra). "Afinal, só porque você foi 'largada' não precisa ficar devorando sorvete. Você pode usar isso como catalisador para algo melhor maior".

Durante a viagem, Katy recebeu uma ligação de um editor e está prestes a lançar seu primeiro livro, que ela define como "a história de uma 'Bridget Jones mochileira'". "Experimentei coisas que eu nunca teria achado possível, mas o melhor é ser chamada de escritora. Nada se compara a isso", comemora ela. "Eu sou uma grande otimista e acredito que tudo acontece por uma razão. A vida é sobre a dizer sim, ser corajosa e saber que tudo vai acabar bem".

Katy ainda passou por outros países como o Chile, Bolívia, Peru, França, Holanda e Brasil.




Comentários