Caixa Cultural apresenta contos de Andersen em sombras

O espetáculo que reúne cinco contos de Hans Christian Andersen: "O Patinho Feio", "O Soldadinho de Chumbo", "Os Namorados", A "Menina dos Fósforos" e "O Sapo". A adaptação é realizada por teatro de sombras, sem a utilização das palavras. (Foto: Divulgação)
Baseado nos contos de Hans Christian Andersen, o Grupo Caleidoscópio faz curtíssima temporada gratuita do espetáculo infantil "Contos de Andersen em Sombras na Caixa", nos dias 21 a 25 de outubro de 2015, na Caixa Cultural São Paulo. 


Com direção de João Bresser e trilha musical de André Abujamra e Du Moreira, o espetáculo traduz a magia, por meio do Teatro de Sombras, de cinco contos: O Patinho Feio, O Soldadinho de Chumbo, Os Namorados, A Menina dos Fósforos e O Sapo. A entrada é franca e conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Cada uma das histórias trata de um tema específico: exclusão, amor, pobreza, solidão, aventura e coragem são os motes para que as figuras entrem e saiam de cena, acompanhadas por uma trilha musical criada especialmente pelos dois artistas  ímpares em suas áreas de atuação. Um clima de cinema mudo associado à beleza das figuras de Andersen, assim é o espetáculo do Grupo Caleidoscópio.

A opção de trabalhar com a técnica de Teatro de Sombras também pode ser creditada à magia de Andersen, porque seus contos parecem estar mergulhados em um mar de sonhos, e muitas vezes a sensação que se tem é a de um sonho dentro de outro sonho. Sendo assim, o Teatro de Sombras possibilita entradas e saídas de figuras simultâneas, sobreposição de imagens, deslocamentos surreais, mudanças de cores, luzes e sombras.

Espetáculo: “Contos de Andersen em Sombras na Caixa”
Caixa Cultural São Paulo - Praça da Sé, 111 – Centro/ São Paulo – SP
Temporada de 21 a 25 de outubro 2015 (quarta-feira a domingo)
Quarta, quinta e sexta às 15h | Sábado às 16h e às 18h | Domingo às 16h
Informações: (11) 3321 - 4400
Entrada franca (ingressos distribuídos uma hora antes do espetáculo)
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Comentários