Guinga revisita clássicos da música brasileira em novo disco

Produzido pelo Selo Sesc, disco reúne composições de mestres como Tom Jobim, Dorival Caymmi e Vinicius de Moraes (Foto: Reprodução)

“Porto da Madama” é o mais novo CD do músico e compositor Guinga, com lançamento previsto pelo Selo Sesc para 10 de setembro. 

Onde fica:



Com 13 faixas compostas por nomes como Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Dorival Caymmi e Luiz Gonzaga, o disco dá nova roupagem a clássicos da MPB apostando no formato voz e violão, com arranjos inéditos do artista, que ainda apresenta composições com alguns de seus parceiros, entre eles Aldir Blanc.

Para acompanhá-lo no novo trabalho, Guinga convidou quatro cantoras reconhecidas internacionalmente: a brasileira Mônica Salmaso, com seu preciosismo e sensibilidade artística; a italiana Maria Pia de Vito, cantora de jazz, compositora e pianista; a portuguesa Maria João, com seu elo musical que une fado, jazz e eletrônico, utilizando influências africanas e brasileiras; e a norte-americana Esperanza Spalding, uma das mais promissoras musicistas da nova geração do pop/jazz.

Todas as quatro têm forte ligação com a música brasileira e interpretam músicas como “Lígia”, de Tom Jobim, “Canção da Noiva”, de Dorival Caymmi, “Serenata do Adeus”, de Vinícius de Moraes, e “Passarinhadeira”, de Guinga e Paulo César Pinheiro. Guinga, aliás, canta em “Cine Baronesa”, “Passarinhadeira” e “Caprichos do Destino”.

O trabalho nasceu da ideia do artista sobre a presença de importantes nomes da MPB na memória nacional, funcionando como uma fonte de inspiração para que outros artistas encontrem diferentes rumos para suas criações.

 “Mônica, Maria Pia, Maria João e Esperanza são estrelas-guias que interpretam as canções e guiam os ouvintes na memória musical”, afirma o diretor artístico de “Porto da Madama”, Luís Carlos Pavan, salientando que o nome do CD é uma homenagem às quatro damas, ou madamas, que estão no disco.

Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo, conta que parte do catálogo do Selo Sesc é feito a partir de projetos que refletem a nossa tradição musical, reconhecendo sua importância e apontando outros possíveis caminhos. “É uma maneira de celebrarmos nosso pródigo passado ao mesmo tempo em que incentivamos a produção de novos criadores. ‘Porto da Madama’ vem juntar-se a esse grupo.  É com alegria que o Sesc lança esse disco, um belo registro de quatro estrelas da música mundial dirigidas por um dos mestres da música brasileira”, afirma.

O CD “Porto da Madama” custa R$ 20 e estará à venda a partir de 10 de setembro nas unidades do Sesc e pelo site no link http://www.sescsp.org.br/livraria.

Shows - O Selo Sesc e Guinga programaram quatro datas para o lançamento do disco. Em 10 de setembro o artista estará no Sesc Rio Preto, na cidade de São José do Rio Preto, às 20h. Já entre 11 e 13 de setembro a cidade de São Paulo receberá apresentações no Sesc Pinheiros (horários abaixo). Mônica Salmaso, Maria João e Maria Pia de Vito participam das apresentações.

Guinga - Embora Guinga seja internacionalmente reconhecido por sua obra e pela forma peculiar de tocar violão, ele mesmo se considera um compositor em primeiro lugar.  Teve suas músicas gravadas por nomes como Elis Regina, Michel Legrand, Leila Pinheiro, Sérgio Mendes, Chico Buarque, Ivan Lins e Ronnie Von. Atuou como violonista de artistas como Clara Nunes, Beth Carvalho, Alaíde Costa, João Nogueira e Cartola. Como parceiros de composição tem, por exemplo, Paulo César Pinheiro, Aldir Blanc e Chico Buarque.

 Selo Sesc 11 anos - Em atividade há 11 anos, buscando registrar o que de melhor é produzido na área cultural, o Selo Sesc constrói um precioso acervo artístico pontuado por obras de variados estilos, da música ao teatro e cinema. Por exemplo, lançou neste ano o documentário “Eduardo Coutinho, 7 de Outubro”, dirigido por Carlos Nader, e o DVD triplo “Os Náufragos do Louca Esperança”, da diretora francesa Ariane Mnouchkine. Pepeu Gomes (com “Alto da Silveira”) e Sebastião Biano (“Sebastião Biano e seu Terno Esquenta Muié”), o CD “Coisa Fina”, da big band Projeto Coisa Fina, e “Projeto Café No Bule”, de Zeca Baleiro, Paulo Lepetit e Naná Vasconcelos, estão entre as demais novidades de 2015.


Serviço:
Show “Porto da Madama” - lançamento do CD do Selo Sesc
Com Guinga. Participações: Maria João, Maia Pia e Mônica Salmaso
Duração: 90 minutos
Data: 10 de setembro
Horários: 20h
Local: Sesc Rio Preto
Endereço:  Av. Francisco das Chagas Oliveira, 1.333, São José do Rio Preto

Sesc Pinheiros -  Local: Teatro Paulo Autran (1.010 lugares)
Datas: 11 a 13 de setembro, Sexta e sábado, às 21h; domingo, às 18h;
Endereço: Rua Paes Leme, 195, Pinheiros
Duração: 90 minutos
Classificação: Não recomendado para menores de 10 anos
Ingressos: R$ 40,00 (inteira). R$ 20,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$12,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda pelo Portal www.sescsp.org.br a partir de 1 de setembro (terça-feira), às 16h30, e nas bilheterias do SescSP a partir de 2 de setembro (quarta-feira), às 17h30. Venda limitada a quatro ingressos por pessoa. Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.
Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10h às 18h.
Tel.: 11 3095.9400.
Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 22h; sábado, domingo, feriado, das 10h às 19h. Taxas (veículos e motos): para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 6,00.

Comentários